segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Flávio Dino recebe universitários e professores do Projeto Rondon

Ao lado de aproximadamente 300 jovens, o governador do Maranhão participou da abertura da edição do projeto Rondon, promovido pelo Governo Federal por meio do Ministério da Defesa. Acompanhado pela secretária de Juventude, Tatiana Pereira, e do vice-governador, Carlos Brandão, Flávio Dino recebeu jovens de todo o país e destacou a importância de projetos que levem mais cidadania aos municípios maranhenses.
Os jovens universitários e professores do Ensino Superior que desembarcaram no Maranhão, oriundos de diferentes estados brasileiros, percorrerão o Estado nos próximos dias na chamada “Operação Jenipapo”, uma das três que entrarão em exercício no primeiro semestre de 2015. Serão duas semanas de atividades em contato permanente com a população local, levando conhecimento e integração social aos municípios mais carentes do país.
O governador agradeceu à equipe do Governo Federal e aos estudantes e professores envolvidos no projeto pela atuação no Maranhão. Destacou ainda que a presença da juventude brasileira no Maranhão, no primeiro mês de 2015, é muito importante no momento de implementação de um novo modelo administrativo no Estado, que aposta na igualdade de direitos e na justiça social como caminhos para o desenvolvimento do Maranhão.
“Agradeço a todos os que chegam aqui nesse momento em que estamos começando um novo ciclo de desenvolvimento em nosso Estado. Nessa experiência, vocês vão transformar um pouco a realidade daquelas pessoas, mas também serão transformados ao conhecer o nosso Estado, que precisa avançar muito no campo da promoção de direitos. Esse é o nosso compromisso,” disse.
Flávio Dino aproveitou ainda para anunciar que, a partir de esforços da Secretaria de Juventude, representada pela jovem gestora Tatiana Pereira, os jovens universitários maranhenses estarão cada vez mais engajados nas próximas edições do Projeto Rondon. A pasta será responsável por integrar as universidades e centros de Ensino Superior do Estado para que apresentem mais projetos ao Governo Federal e sejam promotores da igualdade no Maranhão e em outros estados do país.
O coordenador do projeto Rondon em todo o Brasil, general Juan Carlos Orozco, agradeceu a receptividade do Governo do Estado e afirmou que a parceria dos estados e municípios que darão espaço aos rondonistas é fundamental para o êxito na operação. “Conhecendo a realidade do Brasil, levando conhecimento e promovendo direitos nessas cidades, os jovens que aceitaram fazer parte desta edição do Projeto Rondon também terão acesso a mais conhecimento, nessa grande sala de aula que é o nosso país, rico em diversidade,” explicou.
A Operação Jenipapo vai percorrer 13 municípios maranhenses, nas regiões do Munim, Pindaré e Baixada Maranhense. São eles: Alto Alegre do Pindaré, Anajatuba, Arari, Axixá, Cajapió, Icatu, Mata Roma, Matinha, Matões do Norte, Monção, Morros, Santa Rita e São Mateus. Entre as entidades presentes, está também um grupo de alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Ifma) de Caxias, que foi selecionado para atuar no projeto.

Operação da Polícia prende mais de 70 em São Luís



A Secretaria de Estado de Segurança Pública tem realizado importantes ações no combate à criminalidade em todo estado, com a integração das policias, retirado de circulação bandidos de alta periculosidade e quadrilhas especializadas.
Segundo o secretário de segurança pública Jefferson Portela, os resultados dessa integração entre forças policiais tem sido satisfatório para a população. “Estou bem satisfeito com os resultados, que estamos conseguindo nesses primeiros dias e creio que a população também, mas o trabalho não vai parar, vamos seguir unindo forças atuando de forma rápida e utilizando inteligência policial” enfatizou.
Só na última sexta-feira (16) mais de 70 pessoas de uma mesma facção criminosa foram detidas em uma festa no Parque Timbiras. A denúncia dos moradores teve uma resposta imediata da polícia que também apreendeu armas de fogo, facas, drogas e bebidas alcoólicas. Todos os presos foram encaminhados para o 16º Distrito Policial da Vila Embratel.
A operação foi realizada em conjunto entre a Unidade de Segurança Comunitária 2, Grupo Tático Militar e 1º Grupamento da Polícia Militar. “O GTM recebeu a denúncia e nos chamou para dar suporte. Quando chegamos ao local, nos deparamos com mais de 50 homens e pelo menos 30 mulheres com armas, drogas e ingerindo bebidas alcoólicas”, relatou o Coronel Pedro Ribeiro, comandante de policiamento metropolitano.
Também na sexta-feira (16), a polícia deflagrou a operação saturação as 6h da manhã,  onde cinco pessoas foram capturadas em uma ação integrada das policias Civil e Militar no bairro Coroadinho abrangendo as áreas da Vila Natal, Pocinha e Morro do Zé bombom.
Participaram cerca de 180 policiais e 50 viaturas, na operação que resultou na prisão de um latrocida identificado como Ludmayckon Costa Barros, também autuado em flagrante pelo uso de documento falso, e quatro homicidas: Marcos Paulo Vale Mendes, Damião Mendes, Marcos Vinicius dos Reis Neto e Ronald Cartagenes Rego.
O sucesso das operações pode ser percebido pelos números apresentados, e na quantidade de bandidos tirado de circulação. “Mesmo com o baixo efetivo policial que temos no estado, devido à falta de manutenção ao longo do tempo, conseguimos encontrar soluções práticas para combater a violência no Maranhão, essas duas últimas operações realizadas pela polícia civil e militar são um exemplo de como temos nos desdobrado para dar a resposta rápida a sociedade em relação a criminalidade”, disse o delegado-geral Augusto Barros.

Governo ampliará atividades da Fundação da Memória Republicana


O Governo do Maranhão instituiu uma comissão para assumir a Fundação da Memória Republicana Brasileira (FMRB), que funciona no Convento das Mercês, no Bairro do Desterro. Formada por representantes do governo, especialistas técnicos e pessoas do bairro, a comissão dará continuidade a partir de amanhã (19) às atividades já desenvolvidas no local e ampliará a programação a partir de estudos de necessidades e de demandas da própria comunidade.
“Vamos manter as atividades em prol da comunidade e ainda ampliar a programação”, explicou o secretário de Articulação Política e Assuntos Federativos, Márcio Jerry. Atualmente, a FMRB oferece às crianças e aos jovens do bairro do Desterro e adjacências projetos de reforço escolar, cursos profissionalizantes e curso pré-vestibular.
Desde o dia 2 de janeiro, a FMR está sob a gestão da Secretaria de Cultura. “Essa comissão que assumirá a Fundação a partir de amanhã realizará estudos sobre a estrutura do prédio, sobre as atividades já desenvolvidas e sobre o importante acervo histórico ali presente”, destacou a secretária de Cultura, Ester Marques.
Diálogo com a comunidade
Para garantir a continuidade das atividades da FMRB, representantes do governo se reuniram na tarde de hoje (18) com a comunidade do Desterro. Além dos secretários Márcio Jerry e Ester Marques, participaram do encontro os secretários Francisco Gonçalves (Direitos Humanos e Participação Popular), Márcio Jardim (Esportes) e o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), Alex Oliveira.
“Ficamos todos muito satisfeitos com a vinda de todos esses representantes do governo aqui. Isso nunca havia acontecido antes. Estamos muito felizes com a garantia de que os bons projetos vão continuar e outros novos serão iniciados, ainda mais com a nossa participação nesse processo de ampliação”, destacou o presidente da Associação de Moradores do Centro Histórico de São Luís, Dênis Cutrim de Lima.
Além da garantia da continuidade das atividades, a comunidade do Desterro ainda recebeu duas outras boas notícias na reunião: a instalação de um Ponto do Saber no bairro e o Projeto Universidade para Todos Nós, ambos da Fapema. “O Ponto do Saber consiste na instalação de um laboratório com computadores e internet no bairro, facilitando o acesso a cursos online pela população da área. Já o Universidade para Todos Nós prevê bolsas de estudos para alunos de cursos universitários instalados no Centro Histórico, que desenvolvam trabalhos que melhorem a vida dessa população”, explicou o presidente do órgão, Alex Oliveira.

Repasse do FPE para o Maranhão teve queda de 18,6%

Em virtude da queda de arrecadação Federal do Imposto de Renda e dos Impostos sobre Produtos Industrializados (IPI), a segunda parcela do Fundo de Participação dos Estados (FPE), que será liberada nesta terça-feira (20), terá redução de 18,6% em comparação ao valor recebido em janeiro do ano passado. O percentual significa R$ 70 milhões a menos na receita estadual.
O FPE representa 34,93% do orçamento geral do Estado e 40,24% da receita do Tesouro Estadual. Apesar deste cenário, o governo do Estado conseguirá manter o pagamento dos servidores públicos estaduais dentro do prazo previsto na tabela divulgada, na última quarta-feira (14).
O governo está tomando uma série de medidas para minimizar os impactos causados pela diminuição da arrecadação. Entre elas, o contingenciamento de 30% do custeio e revisão dos contratos para melhor aplicação dos recursos públicos. “O governador Flávio Dino já determinou o contingenciamento de 30% do custeio do tesouro, a redução de contratos vigentes e o fim ao desperdício dos recursos públicos”, explicou a secretária de Estado de Planejamento, Cynthia Mota.
As previsões atualizadas do Tesouro Nacional (STN) ainda não indicam redução no valor do FPE para o ano completo de 2015. Entretanto, no primeiro boletim do ano (janeiro), o Tesouro indicou que haverá redução de 18,6% (sem descontar a inflação) neste mês em relação ao mesmo montante de janeiro de 2014 (R$ 551,4 milhões), o que representa, somente neste mês, uma perda de R$ 102,6 milhões. A contenção dos montantes são indicativos de que nos próximos meses também poderá ter reduções, o que irá impactar no resultado fechado do ano.
Projetos e prioridades
Apesar do cenário econômico desfavorável, a secretária de Estado de Planejamento e Orçamento, Cynthia Mota Lima, garantiu que todos os projetos já anunciados pelo governador Flávio Dino serão mantidos em caráter de prioridade.  Segundo ela, a determinação do governador é para que as contas sejam revistas sem prejuízo aos maranhenses.

Governo conclui recuperação de rodovia em Imperatriz


A obra emergencial de recuperação do trecho de 1,7 km da rodovia de acesso à ponte Dom Affonso Felippe Gregory, em Imperatriz, foi concluída esta semana pelas equipes da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra). Além do serviço de tapa-buracos, foi feito um recapeamento, com a troca da camada de asfalto em diversos trechos.
“A equipe intensificou o trabalho e conseguimos dar mais celeridade, terminando tudo em sete dias”, destacou o assessor técnico da Sinfra, Waldegno Salustiano Júnior. Ele lembrou que o prazo inicial previsto era de dez dias devido às condições da via, que estava bastante comprometida e apresentava risco elevado de acidentes por conta dos buracos.
A estudante Cellmária Simões, que trafega todos os dias pelo local, aprovou a iniciativa. “A obra é importante por que evitará acidentes e facilitará o acesso a outras cidades, afinal, muitas pessoas utilizam diariamente essa rodovia”, comemorou.
O secretário da Sinfra, Clayton Noleto, disse que a meta da Sinfra é realizar todas as obras dentro do prazo. “Muitas vezes quando uma obra terminava, depois de vários adiamentos, o que havia sido feito no início já estava praticamente perdido”, destacou o secretário.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Flávio Dino recebe em audiência candidato à presidência da Câmara dos Deputados


O deputado federal e ex-presidente da Câmara Federal Arlindo Chinaglia (PT-SP) foi recebido pelo governador Flávio Dino na noite desta quinta-feira (15). Junto ao vice-governador Carlos Brandão e membros da bancada maranhense no Congresso e na Assembleia Legislativa, o diálogo girou em torno de iniciativas parlamentares que beneficiem o Maranhão nos próximos quatro anos.
Arlindo Chinaglia desembarcou em São Luís para ampliar o diálogo com a bancada maranhense. Foram debatidas pautas relacionadas ao destaque maranhense frente aos debates nacionais. Entre os temas mais importantes, está a distribuição dos royalties do petróleo. “É importante para o Maranhão e tantos outros Estados que essa questão seja definida. O Congresso precisa ter protagonismo para garantir melhorias aos brasileiros,” afirmou Chinaglia em conversa com representantes do Poder Executivo e das bancadas legislativas estadual e federal.
O governador e todos os representantes do povo maranhense ouviram as propostas do deputado paulista, que disputa a presidência da Câmara Federal. “Temos interesse em ouvir as pautas que melhor beneficiem o nosso Estado e vamos buscar espaço no cenário nacional para que o Maranhão receba investimentos e atenção por parte do poder público,” disse Flávio Dino.
A reforma política e a valorização da educação com atenção especial por parte dos entes federais em parceria com Estado e Municípios foram temas amplamente debatidos, para garantir que o Maranhão tenha força no âmbito nacional, e, sobretudo, na Câmara Federal, garantindo liberação de verbas para o Estado e votação de matérias de interesse dos maranhenses. Dino ratificou que a posição do Maranhão é que a nova formação do Congresso Nacional valorize o Estado.
Na opinião do deputado paulista, Flávio Dino terá amplo acesso ao Governo Federal e ao Congresso Nacional, por sua trajetória política e profissional em todas as esferas de poder. Chinaglia, que estava acompanhado do deputado federal Sibá Machado (PT-AC) destacou ainda a intenção de cooperação da Câmara com o Governo do Estado.
Deputados federais que fazem parte da bancada maranhense ou que passarão a compor a representação do Estado em Brasília falaram de pautas do interesse do Estado, com destaque à reforma política, à educação e também à questão tributária. Defenderam essas agendas os parlamentares Victor Mendes (PV), Weverton Rocha (PDT), Waldir Maranhão (PP), Rubens Pereira Jr. (PCdoB), Domingos Dutra (PT), Julião Amim (PDT), Deoclides Macedo (PDT), Pinto Itamaraty (PSDB) e João Castelo (PSDB).
Estiveram presentes também representantes da capital maranhense, o prefeito Edivaldo Holanda Jr. e o líder do governo na Câmara Municipal, Osmar Filho (PSB). Deputados estaduais também fizeram parte do diálogo: Humberto Coutinho, Othelino Neto, Raimundo Cutrim e Levy Pontes. Representando o PT do Maranhão, estavam também Rogério Baiano, Jomar Fernandes e Terezinha Fernandes.

SINFRA Clayton Noleto determina levantamento para recuperar rodovia em região produtora de soja

Clayton Noleto recebe comitiva liderada pelo ex-prefeito de Porto Franco, Deoclides Macedo
A Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) está fazendo levantamentos para elaboração de projeto de recuperação da rodovia MA-138 que atravessa uma importante região produtora de soja no Sul do Maranhão. A situação da estrada foi tema de reunião, nesta quinta-feira (15), entre o secretário da Sinfra, Clayton Noleto, com a deputada estadual Valéria Macedo e o suplente de deputado federal Deoclides Macedo.
Os parlamentares informaram ao secretário que um dos trechos mais críticos da estrada é uma ponte sobre o riacho Ribeirão da Mata que está interditada há seis meses. O tráfego no local está sendo feito por um desvio precário. O secretário informou que será realizada uma vistoria para identificar as condições da estrada e das pontes.
A MA-138 fica entre as cidades de Estreito e São Pedro dos Crentes, passando por municípios como Balsas, Riachão, Carolina, Fortaleza dos Nogueiras e Nova Colinas. Deoclides Macedo disse que a rodovia é a principal via de acesso a 17 assentamentos de pequenos produtores rurais e mais de 400 propriedades rurais.
“Com o projeto concluído vamos trabalhar para que as providências sejam tomadas e o governo possa levar esse benefício à população”, disse.
Participaram da reunião o presidente da Câmara Municipal de Estreito, Tavane Firmo; o presidente do PCdoB no município, Benjamim Silva Neto; e a presidente da Associação Comercial de Estreito, Verbena Macedo.