Flávio Dino e Zé Reinaldo têm "conversa proveitosa"

Deputado federal José Reinaldo Tavares e o governador Flávio Dino no Palácio dos Leões (Foto: Divulgação)
O deputado federal José Reinaldo Tavares (PSB/MA) se reuniu na manhã desta quarta-feira (16) com o governador Flávio Dino, no Palácio dos Leões. A conversa, que durou mais de uma hora, foi classificada pelo parlamentar como "muito proveitosa". 

"Trocamos ideias sobre a conjuntura nacional e sobre o Maranhão mais especificamente. Analisamos o momento político nacional", disse Zé Reinaldo, que é pré-candidato ao Senado.


Piracanjuba: Quem é o pai?



Coisas de nossa política paroquiana. Cada vez que ganhamos uma obra, um investimento, um empreendimento, um alvoroço se instala no seio de nossa atuante classe política. É assim com estrada, com mercado de peixe, com semáforo, com mais uma linha aérea, e por aí vai.

Agora é com a tal da fábrica da marca Piracanjuba. A assessoria do prefeito Assis Ramos divulgou texto jornalístico com o sugestivo e impositivo título  “Assis chama Piracanjuba para Imperatriz” e acendeu calorosos debates acerca de quem realmente é o “pai” de tal iniciativa que galanteou a empresa de latícinos detentora da marca a instalar uma planta na Terra do Frei.

Gente do ex-prefeito puxou a brasa para seu churrasco de queijo. Lembra que no dia 2 de dezembro do ano passado, no limpar das gavetas, o prefeito recebeu a diretor da empresa e o empresário Ilson mateus, dono do grupo Mateus, para acertar a implantação da fábrica.

Pois gente do governo do estado contesta. Não fosse a mediação do secretário da Indústria e Comércio, Simplício Araújo, falando em nome do governador Flávio Dino, o leite teria derramado.

Seja lá como for, cada um tem seu direito a um gole de iogurte. E viva Imperatriz, a terra dos pais e dos padrinhos. E todo o marketing gratuito para a marca.


2002: Roberto Rocha esconde renúncia



O senador Roberto Rocha (atualmente no PSB, mas prestes a retornar ao PSDB) terá mesmo fôlego para levar até o final seu projeto de candidato ao governo do Maranhão em 2018? Aliados dele ainda balançam na hora de responder, tudo por conta do velho fantasma da renúncia em 2002, quando, como candidato fantoche (também pelo PSDB), desistiu em plena campanha e abriu caminho para a vitória de Zé Reinaldo, à época candidato da família Sarney.

Na biografia em sua página na internet (http://robertorocha.com.br/biografia), o senador esconde o fato, espertamente, tentando burlar a história.

Eleito senador em 2014 com a ajuda de Flávio Dino, Roberto Rocha retribuiu com o beijo de Judas. Agora, claramente se coloca como peça de uma grande articulação para ser um dos candidatos-laranja dos Sarney visando levar a eleição para o segundo turno, em que, vislumbram eles, Roseana enfrentaria o governador Flávio Dino.   

EXCLUSIVO Ildon nega ser vice de Roseana

Ex-prefeito de Imperatriz, Ildon Marques


O ex-prefeito de Imperatriz, Ildon Marques, atualmente no PSB, desmentiu com veemência nota publicada por um internauta no Facebook de que teria confirmado ser o vice na chapa de Roseana Sarney (PMDB) ao Governo do Maranhão.

Consultado pelo blogue, o ex-prefeito foi direto: “Isso nunca existiu. É mentira”.
O PSB estuda lançar o senador Roberto Rocha, presidente estadual da sigla, ao governo estadual em 2018.

MA: Criadores amadores de pássaros nativos terão atendimento retomado neste mês de agosto

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) dá continuidade ao atendimento presencial dos criadores amadores de pássaros nativos do Maranhão neste mês de agosto. Os criadores, novos ou antigos, que já possuem processos abertos para cadastro no Sistema Nacional de Gestão de Passeriformes Nativos (SISPASS) serão chamados para agendamento das vistorias presenciais e regularização de pendências junto ao sistema eletrônico.

Este agendamento será realizado priorizando processos abertos há mais tempo. Todas as orientações para realização da vistoria e cumprimento de pendências serão fornecidas nos e-mails informados pelos criadores no ato da abertura dos processos.

Novos processos permanecem sendo abertos no Protocolo da SEMA, atendendo cidadãos que querem se tornar criadores amadores de passeriformes, assim como criadores antigos já cadastrados, que ainda não tinham ainda procedido o recadastramento junto ao Estado e precisam regularizar pendências. Para abertura de processos, os interessados devem apresentar formulário específico preenchido, acompanhado dos documentos comprobatórios e comprovante das taxas devidas (disponível no site da SEMA).

“Entendemos que agora é possível retomar o atendimento e vistoria presencial aos criadores amadores de passeriformes, aliada à divulgação da legislação estadual vigente e dos procedimentos necessários ao desenvolvimento regular desta atividade”, explicou o Secretário de Estado de Meio Ambiente, Marcelo Coelho.

A SEMA alerta os criadores amadores quanto à vigência da Lei Estadual nº 10.535/2016 e a Portaria nº 025, de 18 de abril de 2017, às quais se configuram na normatização estadual da atividade. Além do limite de 50 espécimes no plantel do criadouro amadorista, foram instituídas taxas de anuidade (1 UFR-MA), transferência (1 UFR-MA), cadastro de clubes (1 UFR-MA) e autorização da realização de eventos voltados à atividade (3 UFR-MA).

Demais esclarecimentos, pode ser tirados no site www.sema.ma.gov.br ou pelo e-mail fauna.sbap.sema@gmail.com, ou ligue (98) 3194-8900, de segunda à sexta, de 13 às 19h.

Vereador cobra liberação de emendas impositivas


Vereador João Silva, do PRB (Foto: Fábio Barbosa/Assimp)


O vereador João Silva, do PRB, cobrou na sessão desta terça-feira (8) a liberação das emendas impositivas aprovadas na legislatura passada e previstas no Orçamento deste ano. O parlamentar pretende ingressar na Justiça para que o Poder Executivo cumpra com sua obrigação.

“Eles não fazem nada e não dizem nada”, protestou o vereador. Ele teve indicação aprovada pelo Plenário solicitando informações da Secretaria de Planejamento e Gestão Pública sobre o quadro demonstrativo das emendas impositivas a serem executadas no orçamento de 2017.

A Câmara Municipal de Imperatriz é uma das poucas do Brasil que adotou as emendas impositivas na Lei Orçamentária Anual, o que significa que o Poder Executivo tem a obrigatoriedade de aplicar os recursos das emendas parlamentares, naquilo a que se destinam.

“Estou pedindo essas informações para que esta Casa adote medidas, se preciso até na Justiça, para que essas emendas sejam liberadas e executadas, justificou o vereador.

As medidas impositivas foram adotadas na legislação municipal em 2016 e dez vereadores reeleitos têm direito à execução de suas indicações.

Alguns não acreditam mais na liberação total das emendas, como é o caso do vereador Rildo Amaral (Solidariedade), que havia indicado parte dos R$ 360 mil (valor que cada vereador tem direito) para as festas juninas. “O vereador João Silva não está cobrando nada indevido. O prefeito não pode priorizar apenas dois ou três vereadores de sua base”, afirmou.

O líder do Governo, Hamilton Miranda, disse que também espera por essa liberação. Ele indicou emendas para construção de um posto de saúde no povoado Imbiral e da sede da Associação dos Idosos.

Para o vereador Aurélio Gomes (PT), a adoção das emendas impositivas é das mais importantes vitórias do legislativo imperatrizense na última década. “Todos nós temos que cobrar a liberação e execução dessas emendas”, acrescentou.

O vereador Fábio Hernandez (PSC) lembrou que a Câmara de Imperatriz é a única do parlamento maranhense a adotar as emendas impositivas. Segundo ele, “só agora a Assembleia Legislativa está criando esse instrumento”.

O presidente da Câmara Municipal, José Carlos Soares, lamentou o descumprimento da obrigação do Poder Executivo e, ironizando, disse que até agora espera a liberação de sua emenda para o Carnaval.   

Assis faz discurso de conciliação

Prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, fala na reabertura dos trabalhos legislativos da Câmara Municipal


O prefeito Assis Ramos usou sua mensagem aos vereadores, no reinício dos trabalhos legislativos da Câmara Municipal na manhã desta terça-feira (1º), para sinalizar que está disposto a trabalhar por uma política de mão dupla, na qual, evidentemente, as hostilidades políticas e ideológicas não possam superar o diálogo democrático entre os dois poderes. 

Por inexperiência e administrando sob extrema pressão, o prefeito patinou em algumas situações, criando sérias dificuldades, ele mesmo, nos primeiros três, quatro, primeiros meses de seu governo, e enfrentou duros embates que quase deságuam num rompimento perigoso.

Neste segundo semestre, tem dois grandes temas para trabalhar com sua base aliada: o Plano Plurianual - o chamado PPA, instrumento previsto na Constituição Federal, um conjunto de políticas públicas do governo, no caso municipal, para um período de quatro anos - e o Orçamento municipal para o exercício financeiro de 2018. Também terá que cumprir com a liberação das chamadas emendas impositivas, aprovadas na legislatura passada e já valendo para a legislatura atual.

De resto, é a expectativa de sempre dos vereadores de uma boa administração. Afora isso, o debate político no parlamento estará mais quente ainda, apesar de o prefeito ter avançado na relação institucional e tentar passar a imagem de conciliador.
   

Flávio Dino e Zé Reinaldo têm "conversa proveitosa"

Deputado federal José Reinaldo Tavares e o governador Flávio Dino no Palácio dos Leões (Foto: Divulgação) O deputado federal José Reinal...