Mais uma secretaria

Tramita nas comissões técnicas da Câmara de Vereadores de Imperatriz o Projeto de Lei nº 022/2011, de autoria do Poder Executivo, que dispõe sobre a criação da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Sedel). A previsão é que o projeto seja votado ainda nesta primeira quinzena do mês de dezembro.

Também tramita nas comissões o Projeto de Lei Ordinária nº 021/2011, do Poder Executivo, que dispõe sobre a doação de área de terras do município de Imperatriz ao Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), da Caixa Econômica Federal (CEF) por meio do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

Já o Projeto de Resolução nº 004/2011, de autoria da Mesa Diretora, altera a redação da alínea “B” do inciso III, do parágrafo 8° do artigo 250 do regimento interno, “passando de uma para até três pessoas para serem agraciadas com o título de Cidadão Imperatrizense”.

Proposições

A Câmara de Imperatriz também aprovou a proposição de autoria do vereador Amauri Alberto Pereira de Sousa (PP), o Alberto Sousa, solicitando ao secretário José Ribamar Alves Soares, o cabo J. Ribamar, da Setran, para a fixação de placas proibindo o estacionamento de veículos de qualquer porte e natureza, em um dos lados da Avenida JK, entre as ruas Alagoas e Pernambuco, no bairro Nova Imperatriz.

O vereador Francisco das Chagas Alves de Brito, o Chagão do PSD, reivindicou também à Setran a construção de um abrigo na parada de ônibus que fica localizada na Avenida Ceará, entre as ruas Projetada e Marly Sarney, no bairro Nova Imperatriz.

“Nós propomos hoje (ontem) que a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra) execute a limpeza dos bueiros existentes no cruzamento das ruas Sousa Lima e Aquiles Lisboa, no Centro”, ressaltou o vereador Joel Gomes Costa, líder do Governo na Câmara de Vereadores de Imperatriz. (Com informações da Assessoria de Imprensa da Câmara)

Greve de policiais e bombeiros pode acabar hoje



A greve dos policiais e bombeiros militares do Maranhão pode terminar nesta quarta-feira, após a retomada das negociações com o governo do Estado.

Uma reunião está marcada para a tarde de hoje, dia em que a greve completa uma semana.

"Existe grande possibilidade que haja um acordo e a greve acabe", afirmou o cabo Ebenilson Carvalho, diretor de comunicação da Associação dos Servidores Públicos Militares do Maranhão.

Ontem à noite houve um primeiro diálogo entre os policiais militares e o governo. O Estado aceitou ceder em alguns pontos da pauta de reivindicações, como a concessão de anistia aos grevistas.

Ficou indefinida a questão salarial. O governo ofereceu R$ 2.200, os policiais não aceitaram, e uma nova proposta será apresentada hoje.

Os PMs, que atualmente ganham R$ 2.028, pedem reajuste para R$ 3.000, de acordo com a associação. 

Policiais militares e bombeiros estão em greve há uma semana. Há dois, o movimento foi reforçado com a paralisação de policiais civis. O Exército e a Força Nacional garantem a segurança nas principais cidades do Estado, entre elas a capital São Luís, e Imperatriz, a segunda maior do Estado.

Aguirre Talento/Enviado a São Luís – Folha.com

Casa de Cultura Josué Montello fecha o ano com exposições itinerantes

Exposição desperta grande interesse entre alunos da rede pública do MA

Será montada, no período de quarta (30) a sexta-feira (2), a Exposição Itinerante Josué Montello, na Cidade Universitária Paulo VI, na Universidade Estadual do Maranhão (Uema), para um público de estudantes do Curso de Pedagogia, Letras e professores das Escolas comunitárias. A exposição faz parte da programação da I Jornada de Formação Docente - UemaNET.

Com um rico acervo de livros, documentos, fotografias e peças, exibição de vídeos e palestras sobre a vida e obra do escritor maranhense, a exposição ainda tem um calendário a cumprir até o final de dezembro.

De segunda (7) a quarta-feira (9), a exposição será mostrada na cidade de Morros, durante a I Feira de Livros de Morros, podendo ser visitada na Biblioteca Municipal Socorro Coqueiro. No período de 14 a 16 de dezembro, será a vez dos alunos e professores do Centro de Ensino Almirante Tamandaré (Ensino Médio) conhecerem o acervo da exposição.

Ao longo do ano 2011m a exposição esteve presente em escolas públicas municipais e estaduais de São Luís e interior do estado, escolas particulares, instituições civis e militares. Atendeu convite para mostrar o acervo nas cidades de Dom Pedro, Coelho Neto, Buriti de Inácia Vaz, Pinheiro, São Bento, Alcântara e Timon.

Para a diretora da CCJM, Josiane Souza, o saldo é mais que positivo, pois a resposta do público, principalmente de alunos que visitaram as exposições tanto na capital quanto nas cidades visitadas do interior do estado foram além das expectativas. Além do acervo mostrado, as palestras levadas aos alunos e professores sobre a vida e obra do escritor Montello foram muito bem aproveitados e absorvidos. Para o ano de 2012 nossa intenção é expandir ainda mais esse trabalho levando a mais municípios maranhenses, sobretudo a escolas e instituições. 

Texto: Mário Ferreira/Secma

Foto/Divulgação


Um dia feliz

Um dia feliz. É bom quando atentamos pra nós mesmos, e lembramos coisas boas de nossas vidas. Quando éramos inocentes.

Quando tocamos nossas mãos e sentimos o mesmo perfume.

Quando fugimos do mundo, e também quando ainda temos essa coragem.

Conquistamos a amizade, foi uma grande conquista.

Se nada vale, somente você, somente nós, Only You.

A Fortaleza caindo. Com poesia.

Sua última resistência. E minha última resistência.

Conseguiremos?

Às vezes, penso, sim!

Dr. Pádua cobra recuperação da rodovia Imperatriz-Davinópolis




Davinópolis – Em visita realizada na última sexta-feira (25) a Davinópolis, cidade que fica a 10 km de Imperatriz, o deputado estadual Dr. Pádua (PSD), acompanhado do vereador Jacielde Carvalho, firmou parceria no sentido de viabilizar ações governamentais no sentido de melhorar a qualidade de vida da comunidade.

O vereador, que filiou-se ao PSD, assinalou que existem algumas pendências do governo estadual que precisam ser equacionadas em Davinópolis. “Recuperada há menos de dois anos, a rodovia que interliga Imperatriz-Davinópolis [8 quilômetros de extensão] está cheia de buracos e deformações do asfalto”, alegou.

Segundo ele, o deputado Dr. Pádua apresentará nesta semana no plenário da Assembléia Legislativa proposição solicitando providências à Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) para que a construtora responsável pela obra faça os reparos necessários na rodovia, evitando assim transtornos aos usuários, principalmente em dois trechos considerados críticos.

“Dr. Pádua, que é presidente da Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa, falamos da necessidade de celeridade da obra de conclusão do hospital de 20 leitos em Davinópolis, bem como a aquisição de uma ambulância para o resgate e transporte de pacientes para regional de Imperatriz”, ressaltou ele, que elogiou a iniciativa do deputado que percorre diversos municípios da região Tocantina. “Ele (Dr. Pádua) tem compromisso com o bem-estar do povo tocantino, visitando os munícipes e buscando resolver os problemas emergências da população junto ao governo Roseana”, frisou.

Desabastecimento

Jacielde Carvalho considera caótico o problema da falta de abastecimento d’água em Davinópolis, apesar da luta em viabilizar uma solução definitiva para a situação que causa transtornos a diversos moradores. “Esse problema afeta dezenas de moradores, inclusive do bairro Santo Antônio, um dos maiores da cidade de Davinópolis”, concluiu.

Governo do MA recua em nota sobre greve dos militares

A Secretaria de Comunicação do Governo do Maranhão (Secom/MA) enviou e-mail na noite de segunda (recebi às 20h58) a editores e contatos que recebem os releases do governo estadual, pedindo para desconsiderarem nota oficial divulgada no início da noite (recebi às 19h20), sobre a greve de policiais militares e bombeiros.

Na nota, o Governo do Estado pede apoio da população e diz que a greve foi considerada ilegal pelo Tribunal de Justiça.

Na nota, o governo diz ainda que o movimento conta com “a participação de pessoas estranhas à tropa, inclusive oriundas de outros estados”, e que “requisitou à presidente da República, Dilma Roussef, na forma da lei, a presença da Força Nacional e das Forças Armadas - Exército, Marinha e Aeronáutica - para se somarem aos nossos PMs que permaneceram no cumprimento do dever na proteção do povo maranhense. Da presidente, o Maranhão recebeu total solidariedade e pronto atendimento”.

O Governo diz também que “não é insensível às reivindicações do funcionalismo civil e militar”, e apresenta “atendimento de antigas demandas dos militares”.

Na nota, o Governo “faz um apelo a todos os que estão envolvidos” na greve, para que “retornem aos quartéis e cumpram com o seu dever constitucional de dar segurança à população, combater o crime e o banditismo”.

Estranhamente a Secom/MA solicitou o cancelamento da nota, sem explicar os motivos. O que aconteceu? Falta de comunicação com o Palácio dos Leões?

Enquanto isso, a greve se fortalece e ganha adesão de entidades da sociedade civil organizada, assim como aumenta a mobilização e pressão popular contra Roseana Sarney, que enfrenta a pior crise política e administrativa em seus mandatos como governadora.

Até onde a situação vai chegar? Não há, no momento, condições adequadas para a uma negociação justa e racional, já que o Governo do Estado diz que só volta à mesa das conversações com o fim da greve; por seu lado, o movimento grevista se mantém irredutível em suas reivindicações e não dá sinais de enfraquecimento.

Greve da Polícia Civil

Policiais Civis do Maranhão vão decidir na segunda-feira (28), em assembleia, se entram ou não em greve. Se optarem pela paralisação, a situação da segurança pública do Estado pode se agravar.

Policiais militares, bombeiros e delegados da Polícia Civil do Estado já estão parados desde a semana passada. A governadora Roseana Sarney (PMDB) pediu ajuda da Força Nacional de Segurança e do Exército para fazer o policiamento das ruas.

Segundo balanço do próprio governo do Maranhão, metade dos PMs do Estado e 15% dos bombeiros estão parados.

Desde quinta-feira (24), quando iniciaram a greve, PMs e bombeiros estão acampados na Assembleia Legislativa e dizem que só sairão do local depois que o governo apresentar uma proposta de reajuste. Eles reivindicam aumento de 30%. O governo diz que não negocia com grevistas.

O vice-presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado, Heleudo Moreira, disse que os policiais civis estão solidários à greve dos policiais militares, mas têm sua própria reivindicação.

Eles querem que o governo cumpra o acordo feito em abril passado, quando paralisaram as atividades. Segundo Moreira, não foi criada uma comissão para discutir mudanças no plano de cargos e salários dos policiais, apesar de o governo ter incorporada as horas extras ao salário --o que representa um aumento salarial de 10% aos policiais da ativa.

"Todos os prazos pactuados entre o governo do Estado e as categorias da segurança pública foram desrespeitados", disse o delegado Jefferson Portela, diretor da Adepol-MA.

O delegado disse que foi acordado em setembro, após 109 dias de greve, que o governo enviaria para a Assembleia uma proposta que reconhece o cargo de delegado de polícia como carreira jurídica, o que não ocorreu.

Segundo Portela, desde o início da semana passada apenas metade dos delegados estão trabalhando.

O governo do Estado disse que até o final do ano encaminhará ao Legislativo uma proposta de plano de carreira e realinhamento salarial dos servidores, que inclui as polícias Civil e Militar e os bombeiros.

Sobre a reivindicação dos delegados, informou que a proposta foi enviada para a Assembleia, mas devido a um erro voltou para a Procuradoria do Estado, que deve reenviá-la.

Folha.com

Duda Mendonça patrocina vaquejada em Xinguara

O marqueteiro Duda Mendonça, responsável pela campanha a favor da divisão do Pará, está bancando a construção de uma pista de vaquejada em Xinguara (no sudeste, a 850 km de Belém).

A vaquejada é uma atividade recreativa --criticada por entidades protetoras dos animais-- na qual pessoas montadas a cavalo precisam prender um boi pelo seu rabo e puxá-lo até derrubar.

Duda não é praticante das vaquejadas, mas, de acordo com pessoas próximas, gosta de assistir a elas. Um de seus filhos é adepto da prática e disputa vaquejadas.

Por isso, o marqueteiro resolveu ajudar o Sindicato dos Produtores Rurais de Xinguara, município no qual tem terras, a construir a pista.

Ela começou a ser feita no início do ano, no parque de exposições da cidade e tem 140 metros de comprimento.

O custo total será de R$ 500 mil, segundo o sindicato.

Em 2004, o marqueteiro foi detido pela Polícia Federal no Rio de Janeiro durante uma operação de repressão a rinhas de galo.

"Ele está ajudando a conseguir doações e também doando do bolso dele. Graças à sua influência, outras pessoas estão ajudando", afirmou Osvaldo de Oliveira, presidente do sindicato.

A previsão é que a pista seja inaugurada em maio, com uma grande festa. De acordo com o sindicato de Xinguara, Duda vai aproveitar as vaquejadas para leiloar animais que possui em sua fazenda.

CIDADÃO XINGUARENSE

Bastante conhecido na cidade, o marqueteiro recebeu neste ano o título de cidadão xinguarense, aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal. Um dos motivos para a concessão do título é a colaboração de Duda na campanha pela divisão do Pará. Ele se ofereceu para atuar sem cobrar cachê.

Em 11 de dezembro, os paraenses votarão em um plebiscito para decidir se querem que o Estado dê origem a mais outros dois: Carajás (sudeste) e Tapajós (oeste).

O prefeito de Xinguara, José Davi Passos (PT), espera que a novidade traga investimentos. "Vai movimentar os hotéis, restaurantes e atrair gente de toda a região."

Os defensores da pista não veem violência nas vaquejadas. "O que é violento depende muito da cultura de cada região. Se for assim vão dizer também que Fórmula 1 é violenta", disse o prefeito.

Procurado pela reportagem, Duda não respondeu.

Folha.com

Mais de 60% rejeitam divisão do Pará

Duas semanas após o início da propaganda do plebiscito em TV e rádio, a maioria dos eleitores do Pará continua rejeitando a divisão do Estado.

De acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira, 62% dos eleitores paraenses são contra a divisão do Pará para a criação do Estado do Carajás e 61% são contra a criação do Estado do Tapajós.

A pesquisa foi encomendada em uma parceria entre Folha, TV Liberal e TV Tapajós (afiliadas da Rede Globo no Pará).

Em relação à pesquisa anterior, divulgada no último dia 11, houve um pequeno aumento da rejeição aos novos Estados.

A oscilação, porém, está dentro da margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Foram entrevistados 1.015 eleitores entre os dias 21 e 24 de novembro. A pesquisa foi registrada no TSE com o número 50.287/2011.

A propaganda do plebiscito na TV e no rádio ainda não foi capaz de causar alterações significativas nas intenções de voto dos eleitores paraenses.

Em 11 de dezembro, eles irão às urnas decidir se querem que o Pará se separe e dê origem a mais outros dois Estados: Carajás (sudeste) e Tapajós (oeste).

Na região do chamado Pará remanescente, que ficaria inalterado com a divisão, está a maior resistência aos novos Estados. 85% são contra o Carajás e 84% são contra o Tapajós.

Entre os eleitores do Carajás, 16% são contra o novo Estado. No Tapajós, 24% são contrários.

Conselho do Ministério Público vai gastar R$ 73 milhões em sua sede

O CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) vai abrir licitação para a construção de sede própria, em Brasília, uma obra calculada em R$ 73 milhões, informa reportagem de Frederico Vasconcelos, publicada na Folha deste sábado (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

O prédio de cinco pavimentos --com dois andares e três subsolos-- ocupará uma área de 39 mil metros quadrados, equivalente à do metrô da praça da Sé, em São Paulo.

Criado em 2004 para exercer o controle externo do Ministério Público em todo o país, o Conselho Nacional do Ministério Público é uma espécie de primo pobre do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), que tem um orçamento superior e funciona no Supremo Tribunal Federal.

"O espaço ocupado pelo conselho, que já era insuficiente, tornou-se impraticável", afirma o secretário-executivo do CNMP, procurador José Adércio Leite Sampaio.

Folha.com

FIQUE DE OLHO: Recurso para a educação

Número Convênio: 627639

Objeto: IMPLEMENTAR AS AÇÕES EDUCACIONAIS CONSTANTES DO PLANO DE AÇÕES ARTICULADAS, NO ÂMBITO DO PLANO DE METAS COMPROMISSO TODOS PELA EDUCAÇÃO (PDE).

Órgão Superior: MINISTERIO DA EDUCACAO

Convenente: PREFEITURA MUNICIPAL DE IMPERATRIZ

Valor Total: R$369.883,80

Data da Última Liberação: 18/11/2011

Valor da Última Liberação: R$123.294,60

-------------------------------------------------------------------------------

Consulte periodicamente o Portal da Transparência (www.portaldatransparencia.gov.br) para acompanhar outros repasses de recursos federais a seu município.

Avenida Liberdade interditada


Moradores da Vila Cafeteira interditaram na manhã desta sexta-feira, 25, a avenida Liberdade, via que cruza 10 bairros com grande concentração de pessoas e fluxo intenso de veículos.

Os moradores tocaram fogo em pneus e fizeram barricadas com paus e restos de material de construção.


Foto: Carlos Fernando

PF faz operação no MA contra tráfico internacional de drogas

A PF (Polícia Federal) deflagrou nesta sexta-feira uma operação para combater o tráfico internacional e interestadual de drogas, com foco em Mato Grosso e em outros dez Estados.

A operação, que recebeu o nome de Mahyah, tem como objetivo cumprir 49 mandados de prisão preventiva. Estão sendo cumpridos também inúmeros mandados de busca e apreensão em 39 localidades, espalhadas em dez Estados (Goiás, Tocantins, Pará, Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Maranhão, Alagoas, Rio Grande do Norte e Piauí)

Só em Mato Grosso, segundo nota da Polícia Federal, serão cumpridos 28 mandados de prisão e 32 mandados de busca e apreensão nas cidades de Cáceres, Porto Esperidião, Cuiabá, Várzea Grande, Barra do Garças, Mirassol D'Oeste, Lambari D'Oeste, Glória D'Oeste, Curvelândia, Araputanga e São José dos Quatro Marcos.

As investigações sobre o suposto esquema começaram em janeiro passado, a partir de um suspeito que morava no município de Porto Esperidião (MT), mas que tinha contatos em Minas Gerais. Desde o início da apuração, foram presas em flagrante 18 pessoas e apreendidos 230,5 quilos de pasta base de cocaína.

Os suspeitos são investigados pelos crimes de tráfico interestadual de drogas e associação para o tráfico.

Alguns dos investigados, segundo a PF, já estão presos e receberão novo mandados de prisão. O nome dos investigados não foram divulgados.

Todos os mandados de prisão e de busca e apreensão foram expedidos pela Justiça Federal de Porto Esperidião.

O nome da operação --Mahyah-- significa "máfia" em dialeto da Sicília e "audacioso", em árabe.  

Folha.com

Policiais grevistas interditam BR-010; TJ decreta ilegalidade da greve


Policiais e bombeiros militares em greve interditaram por cerca de 1 hora e meia a rodovia BR-010 (Belém-Brasília), na altura da ponte sobre o riacho Cacau, na manhã desta quinta-feira, 24, em Imperatriz. Logo no início da manhã, realizaram um ato em frente ao quartel do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM) para protestar contra o governo do estado e reforça as reivindicações da classe.

O movimento ganhou destaque na mídia nacional.

Os policiais militares do Maranhão entraram em greve no início da noite desta quarta-feira, após assembléia realizada na Assembléia Legislativa, em São Luís. O comando de greve em Imperatriz, segundo o jornalista Antonio Pinheiro, informa que 80% dos policiais lotados no 3ª BPM aderiram ao movimento.

Ilegalidade – Em nota divulgada no início da tarde, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informa que, na manhã desta quinta-feira (24), o Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (TJ) declarou ilegal a greve dos policiais e bombeiros militares. Na decisão, em caráter militar, o desembargador Stélio Muniz determinou ainda a imediata suspensão do movimento de paralisação, sob pena de pagamento de multa diária de R$ 200,00 por cada militar grevista e ainda desconto na remuneração das categorias pelos dias parados.

O documento se baseia em decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), segundo a qual a paralisação de policiais é ilegal por se tratar de atividade de segurança e de serviço público essencial e contínuo.

Diz a nota que “a SSP reafirma que sempre esteve aberto o canal de diálogo com as categorias. Uma comprovação disso é que durante o processo de conversação com policiais e bombeiros militares diversos avanços foram obtidos pelas categorias”.

“Entre os avanços obtidos, estão o aumento do auxílio alimentação de R$ 120,00 para R$ 250,00, de forma linear; criação e regulamentação de 9 unidades operacionais, com a criação de 4.466 cargos; tendo como conseqüência a promoção de 406 oficiais; redução do interstício de 10 anos para cinco anos da promoção do soldado a cabo PM; redução do interstício de 8 anos (tempo de serviço) e 6 anos (antiguidade e merecimento) para apenas 3 anos em ambos os casos, para a promoção do cabo a 3° sargento. Redução do interstício de 4 anos para 3 anos, para a promoção do 3° sargento a 2° sargento. A decisão permitiu a efetivação de 3.388 promoções de praças em todas as graduações”, informa outro trecho da nota.

A SSP “reitera ainda que um estudo está sendo concluído objetivando o realinhamento salarial dos servidores públicos estaduais ativos e inativos, contemplando também os policiais militares”.

A SSP informa ainda que o policial militar do Maranhão recebe o sétimo salário no ranking nacional, no valor de R$ 2.028,00 e maior que a remuneração percebida no Rio de Janeiro, que é de R$ 1.137,49; e no Rio Grande do Sul, que é R$ 996,00.

Informa que, por solicitação da SSP, um batalhão da Força Nacional está em São Luís para agir em caso de paralisação de policiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Um planejamento com ações preventivas e um plano estratégico para garantir a segurança da população foi traçado pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI), constituído pela Força Nacional, Polícias Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, além do Exército (24º Batalhão de Caçadores), Polícia Federal, Rodoviária Federal (PRF) e Força Aérea Brasileira (FAB).

“A Força Nacional já está operando em São Luís e Imperatriz, além de outras cidades do interior do Maranhão. A SSP afirma que estão sendo empregados todos os esforços para garantir que a população não seja penalizada”, finaliza a nota.

Foto: Pinheiro, blog Notícia da Foto

Os delírios do vice-prefeito

Ocioso politicamente, isolado dentro do próprio governo do qual insiste alguma atenção, o vice-prefeito de Imperatriz, cujo mandato não outorgado pelo povo encerra-se em 2012, expõe seus delírios e precipita sua frágil e impopular experiência de, pela primeira vez, e desastradamente, ocupar um cargo sem o apadrinhamento dos que antes aos quais se ajoelhava e suplicava um salário.

Perdeu a oportunidade de, dignamente, permanecer calado.

Ao atribuir a culpa à governadora pela morte de jovem comerciante, cujo desfecho será certamente elucidado, o vice-prefeito pregou o clima do medo entre a população, igual estão fazendo agora alguns pares seus nas redes sociais para incutir o pânico e a intranqüilidade na população.

Os integrantes das forças de segurança do Estado, que antes de tudo são integrantes de uma força de paz, reivindicam justamente seus direitos. Temos que respeitá-los, e apoiá-los, e acreditarmos que as lideranças do movimento saberão agir com racionalidade e respeito, e conduzir o processo da negociação nos limites legais do Estado Democrático de Direito, que, objetivamente, resguarda as garantias para que todos nós, civis e militares, estejamos cientes de nossos deveres e direitos.

A morte do jovem comerciante e a greve dos policiais, são fatos que se juntam coincidentemente a um momento de dor, incertezas e desconfianças. Mas nem por isso, devemos radicalizar. O radicalismo interessa aos que estão muito bem acomodados nas arquibancadas do coliseu romano.

Quem perde com a divisão, o rancor, as mágoas e os ressentimentos somos todos nós.

Certamente, governo e policiais chegarão a um acordo; certamente o que tiver que ser apurado, será apurado.

O que não pode, nem deve ser insuflado, é o sentimento de ódio que gente alheia aos anseios de uma classe tenta impregnar em um movimento justo e consciente, não contaminado pela cor político-partidária.

Somos todos vizinhos e cidadãos, filhos de um estado e de uma cidade que, afinal, só quer ser feliz.

Eis um apelo: sejamos irmãos, somos racionais, vamos desarmar os espíritos, para que possamos, calma e tranquilamente, preservar o DIREITO de todos, que é a Vida e o Amor.       

Um apelo

Chega a hora do bom senso. A quem interessa uma situação de beligerância? Ao cidadão, comum, que paga seus impostos? Definitivamente, não.

Aos políticos, sim. Aos trabalhadores e cidadãos, não.

Para recordar, “desarmemos os espíritos”, depois a consciência.

Manipulação, NÂO!

Sandes está morto. E agora?


Um desfecho que todos temiam, infelizmente se confirmou. Sandes Emanoel Queiroz da Silva, 26 anos, está morto. O corpo do jovem empresário foi encontrado nesta terça-feira (22) na zona rural do município de Dom Elizeu (PA). Sandes estava desaparecido desde a última sexta-feira (18).

O corpo foi encontrado em avançado estado de decomposição em uma mata aproximadamente 30 quilômetros da sede do Município.

Foto: Blogue do Pinheiro

BASQUETE: MA terá time na Liga Nacional Feminina

IIziane, da seleção brasileira, é a estrela da equipe

O empresário Fernando Sarney, 56, filho do presidente do Senado, José Sarney, 81, montou uma equipe estrelada para representar o Maranhão na próxima edição da LBF (Nacional Feminino) e, antes mesmo de entrar em quadra, já tem regalias.

 Cartola da CBF, filho de Sarney joga até basquete na praia

A competição reunirá nove times e começa em 10 de dezembro. Mas o Maranhão Basquete, como será chamado a equipe de Sarney, só estreará em 5 de janeiro, quando a competição estará na quinta rodada do 1º turno.

Fernando Sarney não possui um cargo específico no time. Mas é dele a responsabilidade de arregimentar financiadores para a agremiação. A reportagem não conseguiu contato com ele.

Um dos patrocinadores deve ser a OGX. A empresa de Eike Batista aumentou recentemente sua atuação no Maranhão quando, em setembro, adquiriu um novo bloco terrestre de exploração de petróleo no interior do Estado.

O valor do patrocínio não foi revelado. A OGX diz estudar a viabilidade da parceria.

O governo maranhense também deve contribuir. Roseana Sarney, 58, governadora, irmã mais velha de Fernando, deverá empenhar verba pública (valor não divulgado) para expor a marca de seu governo no uniforme da equipe e nas placas de publicidade do ginásio Castelinho.

A grande estrela do time é a ala armadora Iziane. Ela nasceu em São Luís há 29 anos e não participa de uma competição nacional no Brasil desde 2001, quando defendeu o extinto BCN Osasco.

Iziane é uma das principais jogadoras da seleção brasileira atual e tem vaga cativa na equipe que vai a Londres-2012. Neste ano, ela foi vice-campeã da WNBA, dos EUA, pelo Atlanta Dream.

A ala armadora embolsou mais de R$ 90 mil pelos três meses de contrato. Só que a quase 15 dias da rodada de abertura da LBF, a equipe ainda não existe de fato.

O técnico Betinho Lima não conseguiu realizar nem um treino sequer com o elenco completo. A pivô americana Crystal Kelly e a ala armadora mexicana Brisa Silva são aguardadas ainda nesta semana em São Luís. Assim como a pivô Cíntia Tuiú, campeã mundial há 17 anos.

As atletas estrangeiras vieram por indicação de Iziane.

A previsão é que a equipe seja apresentada oficialmente, com patrocinadores e jogadoras, dentro de até 10 dias. Segundo o presidente da LBF, Márcio Cattaruzzi, o Maranhão não está recebendo regalias da liga porque as oito equipes concordaram em adiar a estreia do Maranhão.

"Fazer basquete feminino no Brasil não é fácil. Não podemos descartar nenhum participante. Temos flexibilidade", declarou Cattaruzzi.

Com informações do Folha.com

Foto: Daniel Ochoa de Olza/Associated Press


Jornal Hoje noticia desaparecimento de Sandes


O desaparecimento do jovem empresário Sandes Emanuel Queiroz, de 26 anos, foi noticiado na edição de hoje do Jornal Hoje, da TV Globo (TV Mirante).

Ilustrado com a foto do empresário, o texto encoberto diz que Sandes está desaparecido desde a última sexta-feira (18) e que a Polícia analisa as imagens das câmeras de segurança de um banco onde ele foi visto pela última vez na companhia de um homem.

Nesta segunda-feira (21), a Polícia retomou as investigações para elucidar o caso.

Segundo reportagem do jornalista João Rodrigues (Rádio Mirante e jornal O Estado do Maranhão), Sandes foi visto pela última vez na porta da agência do banco Bradesco da Avenida Getúlio Vargas no setor do Entroncamento, na última sexta-feira (18). A hipótese de seqüestro não é descartada pela Polícia.

O empresário Eraldo Moura, um dos amigos de Sandes, disse na noite deste sábado (19) que Sandes é uma pessoa tranqüila, sem inimigos e seu desaparecimento trouxe muita preocupação a familiares e amigos.

Segundo Eraldo, Sandes havia vendido há poucos dias um lavajato localizado na rua Simplício Moreira, em Imperatriz, e estava trabalhando com a compra e venda de carros, sendo que por volta das 17h da última sexta-feira foi ao banco Bradesco com uma pessoa e depois não mais foi mais visto.

A pessoa que levou e deixou Sandes no banco identificada posteriormente como sendo Francisco Oliveira de Sousa, conhecido como Chiquinho, que já prestou dois depoimentos.

Até agora não há qualquer informação sobre o paradeiro do jovem empresário. De acordo com João Rodrigues, a Polícia Civil vai pedir quebra de sigilo bancário do desaparecido e deverá ouvir mais uma vez Chiquinho – segundo o delegado regional Francisco de Assis, há lacunas e pontos ainda não esclarecidos em seu depoimento.

Com informações de João Rodrigues

Seis adolescentes mortos em chacina



Seis adolescentes foram assassinados na noite do último sábado (19) em Icoaraci, distrito de Belém (PA). Um dos garotos tinha 14 anos. Dois tinham 17 e, os outros, 16 anos. Os corpos serão enterrados nesta segunda-feira.

Os jovens foram mortos com tiros na cabeça quando estavam conversando sentados em uma calçada do bairro de Ponta Grossa.

O bairro é um dos pontos de tráfico de drogas do distrito. Ainda não se sabe, porém, se as mortes têm relação com o tráfico.

Icoaraci fica a 20 km de Belém e é frequentado por moradores da capital por causa de sua orla e dos restaurantes.

A autoria da chacina, de acordo com os relatos, é de dois homens que chegaram de moto ao local.

De acordo com a Polícia Civil, o homem que estava na garupa desceu de arma em punho, ordenou aos adolescentes que se ajoelhassem de costas e atirou.

A polícia começará amanhã a ouvir depoimentos de familiares, ainda abalados emocionalmente por causa do crime, para tentar elucidar a motivação da chacina.

Folha.com

Plebiscito causará mágoas na população, diz governador do Pará

O governador do Pará, Simão Jatene (PSDB), disse que o plebiscito para a divisão do Estado causará mágoas e ressentimentos entre a população paraense.

Em artigo publicado neste domingo (20) nos jornais "Diário do Pará" e "O Liberal", Jatene demonstra preocupação pela crescente rivalidade entre os habitantes do Pará remanescente e os moradores dos possíveis novos Estados.

"Paraenses, ainda que eu deseje o contrário, tudo leva a crer que, seja qual for o resultado do plebiscito, o dia seguinte será marcado por mágoas, ressentimentos e desconfianças que podem se tornar duradouras", escreveu o governador.

É a primeira vez que Simão Jatene vem a público se pronunciar sobre o plebiscito da divisão do Pará, que ocorrerá em 11 de dezembro.

"Não posso aceitar que a luta pela divisão do território se transforme em divisão do nosso povo", diz no artigo.

Os paraenses decidirão se querem que o Estado se divida e dê origem a mais outros dois: Carajás (sudeste) e Tapajós (oeste).

Ele classifica de "vale tudo" a campanha do plebiscito no horário plebiscitário gratuito em TV e rádio e fala que estão tentando "destruir a autoestima do paraense".

Jatene pede aos paraenses que impeçam essa crescente rivalidade.

"A Europa está cheia de exemplos em que as lutas religiosas, étnicas, deixaram feridas que não cicatrizaram. Não podemos permitir que isso aconteça conosco."

Folha.com

Telma Plácido no encontro do PMDB

A ex-primeira-dama de Governador Edison Lobão e pré-candidata a prefeita, estava acompanhada de correligionários e lideranças políticas do Município.

Madeira rouba a cena no PMDB



“O prefeito não tem partido”, declarou o prefeito Sebastião Madeira ao comentar sobre sua participação no encontro regional do PMDB, na manhã do último sábado, 19, no auditório do Centro de Convenções.

Madeira acompanhava o ministro Edison Lobão (Minas e Energia), o senador João Alberto, presidente licenciado do PMDB estadual, e o deputado federal Chiquinho Escórcio, seu novo xodó político. Antes de prestigiarem o encontro, estiveram em evento na sede da APAE.

O prefeito disse que sentiu certo constrangimento em alguns peemedebistas, especialmente dos ligados ao grupo do ex-prefeito Ildon, mas observou que sua presença era parte das relações institucionais que mantém com a sociedade e os partidos políticos.

“Precisamos de partidos fortes, para fortalecer ainda mais a democracia”, afirmou o prefeito.

“Estava acompanhando duas figuras importantes do cenário político nacional, o Lobão e o João Alberto, dois nomes que fortalecem o PMDB”, acrescentou.

Convidado, Madeira falou rapidamente no encontro. Sua fala foi bem recebida pelos presentes, e ele saiu do local radiante.

Logo depois, em contato com o blogue, por telefone, Madeira confessou: “Ninguém sabe o amanhã, quem sabe? Política é assim”. É a deixa de que estaria muito feliz se, para selar de vez sua aliança com o governo do estado, tivesse o apoio do PMDB.

Improvável?! Tem coelho nesse mato.

Reforma – Madeira confirmou também que enviará projeto da reforma administrativa à Câmara de Vereadores antes do recesso parlamentar de final de ano. A principal novidade: desmembramento da Secretaria de Esporte e Juventude em duas (Esporte e Juventude) para acomodar o PP no governo. Neto da Ampere deve assumir o Esporte.

Sobre a troca de nomes no secretariado, o prefeito saiu pela tangente. Disse que, pelo menos agora, não cogita mudanças de nomes, mas é certo que pedirá os cargos daqueles que pretendem candidatar-se em 2012.  

Polícia apura desaparecimento de comerciante


20/11/2011, às 23h42 – Neste momento, policiais, parentes e amigos empreendem buscas para tentar localizar o jovem comerciante Sandes Queiroz. Oficialmente, ele é dado como desaparecido.

Informações iniciais dão conta de que Sandes fechou um negócio recentemente, o que levanta suspeitas de que seu desaparecimento possa estar relacionado de alguma maneira a esse fato.

A Polícia não descarta nenhuma hipótese e trabalha com várias linhas de investigação.

Qualquer informação que ajude a esclarecer o caso pode ser repassada ao número 190 da Polícia ou às tv´s locais.

PMDB reúne líderes em Imperatriz

O encontro do partido da governadora Roseana Sarney acontece na manhã deste sábado (19) no Centro de Convenções de Imperatriz.

Presença da cúpula estadual, comandada pelo senador João Alberto, e lideranças regionais, entre elas a mais importante, o ex-prefeito Ildon Marques, que tem o aval do partido para seu projeto de concorrer à Prefeitura de Imperatriz em 2012.


Sarney receberá Madeira

O presidente do senado, José Sarney, receberá em audiência nesta segunda, 21, o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira. O encontro foi intermediado pelo deputado federal Chiquinho Escórcio. A informação não foi confirmada oficialmente pela assessoria do prefeito.

Madeira, mais uma vez, se socorre da família Sarney para resolver suas pendengas administrativas.

Lembra daquele papo de oligarquia?

Uma linda mulher

Os investigadores que reabriram o inquérito sobre a morte da atriz Natalie Wood, ocorrida em 1981, disseram na sexta-feira que o viúvo dela, o ator Robert Wagner, não é considerado suspeito.
O corpo de Wood foi achado boiando em 29 de novembro de 1981 em uma baía da ilha Catalina, na costa da Califórnia. A autópsia na época constatou que ela estava alcoolizada e se afogou. Tinha 43 anos.
Após três décadas, a investigação foi reaberta porque o capitão do iate onde ela passou sua última noite admitiu ter mentido sobre o incidente, responsabilizando agora Wagner pela morte da mulher.
Wood - cujo nome de batismo era Natalia Nikolaevna Zakharenko, filha de imigrantes russos nascida em San Francisco - estreou no cinema ainda criança, em filmes como o clássico natalino "De Ilusão Também se Vive" e "Nós e o Fantasma."
Adolescente, foi indicada ao Oscar de atriz coadjuvante por seu papel no clássico "Juventude Transviada" (1955), contracenando com James Dean.
Também seria indicada duas vezes ao Oscar de melhor atriz, por "Clamor do Sexo" (1961) e "O Preço de um Prazer" (1963). Nas três ocasiões em que foi indicada, perdeu.
Folha.com
Foto: Reuters



Não é no Maranhão

Uma operação deflagrada pela Polícia Federal nesta sexta-feira (18) resultou na prisão de oito dos 24 deputados da Assembleia Legislativa de Rondônia.

Entre os sete componentes da Mesa Diretora da Casa, apenas um não foi acusado de envolvimento em suposto esquema de fraudes em licitações e contratos do governo do Estado.

Na Operação Termópilas, o secretário estadual de Saúde, José Batista da Silva, também foi preso. O presidente do Legislativo, Valter Araújo (PTB), foi apontado pela PF como o chefe da quadrilha.

O governo de Rondônia afirmou, por meio de nota, que só vai se pronunciar oficialmente quando tiver detalhes da operação.

O suposto esquema envolve irregularidades em licitações e contratos de prestação de serviços, especialmente, nas secretarias de Saúde e de Justiça, além do Detran local.

O grupo é acusado de corrupção e tráfico de influência para favorecer determinadas empresas. Com as prisões desencadeadas, a Assembleia Legislativa passou ao comando do deputado Hermínio Coelho (PSD).

Em nota, ele diz que a Casa "aguardará os desdobramentos da ação policial, e as manifestações do Ministério Público Estadual e do Tribunal de Justiça Estadual para, em reunião, analisar os fatos e adotar as medidas necessárias cabíveis".

A operação envolveu seis cidades do Estado, onde foram cumpridos dez mandados de prisão preventiva, quatro de temporárias e 57 ordens de busca e apreensão.

Governadora Roseana premia ganhadores do Viva Nota; programa já superou meta




Os primeiros ganhadores do Programa Viva Nota receberam nesta sexta-feira (18), as premiações em solenidade no Palácio dos Leões com presença da governadora Roseana Sarney e do secretário de Fazenda, Cláudio Trinchão. Foram convidados a receber os prêmios os ganhadores de R$ 100 mil e de R$ 15 mil, respectivamente, Hélio Silva Santos e Iolene de Jesus Lobo. Ao todo, o programa sorteou 4.527 pessoas, totalizando R$ 210 mil. O Viva Nota é uma campanha de estímulo à emissão de nota fiscal, que incentiva o consumidor a exigir o documento nas compras em estabelecimentos comerciais.

A governadora parabenizou os dois ganhadores e falou sobre a importância da iniciativa. “É um momento de alegria. Essa premiação comprova que o programa já deu certo e está recebendo o apoio dos contribuintes. Como a gente está vendo, o Viva Nota é bom para o Maranhão e para os maranhenses. Além de premiar a população, o programa garante recursos para mais investimentos no Estado”, declarou.

O secretário Trinchão disse que o governo já superou a meta 50 mil pessoas cadastradas no programa no primeiro ano. “Hoje, já temos 56 mil pessoas e 60 mil estabelecimentos comerciais. Trabalhamos agora com a meta de 100 mil cadastrados para 2012”, contou. “A intenção desse projeto, que é uma ação fiscal, é criar a cultura das pessoas pedirem a nota fiscal. Infelizmente, o brasileiro não tem essa cultura e nós estamos, digamos assim, dando uma forcinha para que todos sejam motivados a pedirem a nota”, completou.

Essa motivação foi o que levou o motorista Hélio Silva Santos a participar do programa. “Antes, eu não tinha esse hábito, mas agora eu peço e digo para todos os maranhenses que também façam o mesmo e deem uma chance à sorte de ganhar um prêmio como o meu, de R$ 100 mil”. Com o dinheiro o motorista disse que pretende fazer uma faculdade e realizar outros projetos que ainda estão sendo formatados.

A professora Iolene de Jesus Lobo, também disse que só atentou para a importância de pedir a nota a partir da campanha. “Agora, quando a gente vai aos estabelecimentos os caixas já procuram se queremos incluir o CPF na nota. Então, por que não? Acreditei e ganhei e muitas outras pessoas podem ganhar também. Minhas amigas também se animaram a se cadastrar no programa”, disse.

Além desses dois ganhadores, foram sorteados ainda 4.525 maranhenses para os quais foram distribuídos valores no total de R$ 95 mil. O primeiro sorteio do programa foi realizado no dia 31 de outubro, os próximos estão marcados para os dias 30 de outubro e 22 de dezembro e distribuirão prêmios que totalizam R$ 460 mil.

Campanha

A campanha do Viva Nota conta com um sistema de premiação em dinheiro, distribuição gratuita de ingressos de futebol e outros espetáculos, além da devolução ao consumidor de uma parte do Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que está incluído no preço dos produtos.

Nas suas compras diárias, o consumidor deve exigir do lojista a emissão do cupom ou da nota fiscal e requisitar que o seu CPF seja informado no documento fiscal. A partir daí, o cidadão deve se cadastrar no site (vivanota.sefaz.ma.gov.br) e pode acompanhar na sua conta os pontos acumulados, imprimir o seu cartão do cidadão e requisitar seus ingressos. 

O secretário Cláudio Trinchão disse que, ao pedir a nota em um estabelecimento, o consumidor está fomentando toda uma cadeia. “Quando, por exemplo, um restaurante emite a nota ele vai ter que declarar a saída e vai ter que declarar a entrada e, consequentemente, o vendedor, o distribuidor e o atacadista também vão ter que declarar. Então, traz toda uma cadeia positiva neste sentido”, explicou Trinchão.

Com isso, o governo terá um incremento de arrecadação direta e indireta. Estima-se que haja em todo o Brasil um déficit de arrecadação em torno de 30% a 35%, e iniciativas como essa contribuem para a redução desses percentuais, segundo explicou o secretário. Ele disse que a meta é que haja um aumento em torno de 27% de arrecadação do varejo até maio do próximo ano.

QUADRO

VIVA NOTA

- Premiados 4.527 ganhadores

- Distribuídos valores no total de R$ 95 mil

- O primeiro sorteio foi realizado no dia 31 de outubro

- Foi 1 prêmio de R$ 100.000,00; 1 prêmio de R$ 15.000,00; 10 prêmios de R$ 1.000,00; 15 prêmios de R$ 500,00; 1.000 prêmios de R$ 25,00; e 3.500 prêmios de R$ 15,00

- Os próximos sorteios estão marcados para os dias 30 de novembro e 22 de dezembro

- Nos próximos sorteios, serão distribuídos R$ 460 mil em prêmios

Texto: Elizete Silva; Foto: Handson Chagas; Secom/MA

Audiência pública debaterá tarifas cobradas pela Cemar

Presidente da Câmara, José Carlos Soares, criticou durante a Cemar (Foto: Fábio Barbosa/Assimp) A Companhia Energética do Maranhão ...