sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Flávio Dino adia visita a Imperatriz após problema com avião

Clayton Noleto confirma agenda de Flávio para esta sexta-feira
O governador eleito do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), adiou visita a Imperatriz nesta quinta-feira (30) após o avião em que viajaria apresentar problemas em São Luís. Segundo informações repassadas aos coordenadores da comissão de recepção ao governador, a aeronave da TAM apresentou problemas nos freios e o voo foi desviado para Brasília. 

Flávio Dino, o vice-governador eleito Carlos Brandão e o senador eleito Roberto Rocha (PSB) nem chegaram a embarcar. A chegada a Imperatriz estava prevista para as 15h. 

Centenas de lideranças políticas da região tocantina, militantes partidários e eleitores de Flávio Dino lotaram o saguão do aeroporto Renato Moreira à espera do governador eleito. Foram surpreendidos pelo anúncio do adiamento da visita, feito pelo secretário indicado para a Infraestrutura e presidente local do PCdoB, Clayton Noleto. 

A viagem foi adiada para esta sexta-feira. A previsão de chegada é a mesma, 15h. Flávio Dino sairá do aeroporto em carreata pelo centro da cidade. Às 16h30, concede entrevista coletiva à imprensa no auditório da OAB (rua Simplício Moreira, Centro). Às 17h30, participa de ato político com partidos e lideranças que integraram sua coligação no auditório da FEST (rua Osvaldo Cruz, Bacuri). 

Bira do Pindaré é o secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Flávio Dino indicou mais um nome que irá compor a equipe de governo a partir de 1° de janeiro. O deputado Bira do Pindaré assumirá a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. O governador eleito fez o anúncio por meio de redes sociais na noite desta quinta-feira (30). 

A pasta será a responsável pelo Instituto Estadual de Educação, Ciência, Tecnologia do Maranhão (Iema), que atuará em parceria com os Institutos Federais para profissionalizar maranhenses e gerar quadros qualificados no estado, um dos compromissos assumidos em campanha e que integram o Programa de Governo de Flávio Dino. Outro desafio da Secretaria será levar inclusão digital aos maranhenses, com laboratórios e internet nos municípios do estado.

BIRA DO PINDARÉ - Secretaria de Ciência e Tecnologia

Bira do Pindaré é deputado estadual reeleito para o segundo mandato. Egresso dos movimentos sociais, Bira é advogado e tem mestrado em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Foi professor Universitário no estado.

Foi bancário e presidente do Sindicato dos Bancários do Maranhão. Ocupou também o cargo de delegado regional do Trabalho. Sua atuação política e social sempre esteve ligada aos movimentos da Pastoral da Igreja Católica. Na universidade, foi dirigente do Diretório Central dos Estudantes (DCE).

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

“Documentos esclarecem pouco sobre o Estado”, diz Marcelo Tavares sobre informações repassadas por Roseana


As informações enviadas à Equipe de Transição de Flávio Dino não corresponderam às expectativas. Esta foi a avaliação do deputado Marcelo Tavares – coordenador da Equipe de Transição de Flávio Dino e próximo chefe da Casa Civil do Maranhão.

Após mais de 15 dias de espera desde o primeiro encontro entre a equipe de Flávio Dino e a representante do governo Roseana Sarney, Anna Graziella, os membros do atual governo enviaram a Marcelo Tavares os documentos solicitados em ofício entregue pelo deputado no dia 14 de outubro.

Para planejar os primeiros dias do próximo governo e evitar imprevistos administrativos, a Equipe de Transição designada por Flávio Dino requereu a Anna Graziella uma série de documentos que têm por objetivo fazer uma transição republicana e ordenada entre o atual e o próximo governo.

No entanto, somente nove de um total de 32 solicitações foram entregues na manhã desta quinta a Marcelo Tavares pela equipe de Roseana Sarney. O deputado afirmou em entrevista que o material era insuficiente e a maior parte dele está disponível publicamente.

“Esses documentos são de acesso público e nós já o tínhamos nos nossos trabalhos. Continuamos aguardando que o atual governo colabore com um trabalho que beneficiará a todo o povo do Maranhão”, disse. Para ele, é hora de dispensar as opções políticas e fazer com que as equipes trabalhem de forma colaborativa.

Dados importantes como a folha de pagamento do Estado, a execução orçamentária atual, informações sobre contratos, convênios, precatórios, demonstrativo de obras e as ações prioritárias de cada pasta não foram repassados à equipe do próximo governo.

Professor Marco Aurélio diz que maioria de suas emendas serão destinadas a Imperatriz

Gil Carvalho

Imperatriz – O vereador e deputado estadual eleito Marco Aurélio (PCdoB) defendeu nessa quarta-feira (29) durante audiência pública realizada no plenário Léo Franklin, da Câmara Municipal, a implementação de emendas parlamentares no orçamento municipal para que cada vereador tenha direito a destinar recursos para investimentos em obras em bairros e povoados de Imperatriz.
Segundo ele, esse dispositivo é utilizado em vários municípios brasileiros, inclusive menores que Imperatriz, por meio do ‘orçamento impositivo’ para que não seja uma preferência apenas de alguns vereadores. “Quero reforçar que esse é um desejo dessa Casa de leis, pois na condição de vereadores sabemos das dificuldades e limitações”, justificou.
O professor Marco Aurélio ressalta que ‘embora não seja um montante grande, a implementação de emendas ao orçamento municipal contribuirá na descentralização dos recursos visando atender a grande demanda da população dos bairros de Imperatriz. “Defendo mais ainda como o próprio Congresso Nacional caminha para essa direção do ‘orçamento impositivo’ para que não seja uma preferência de alguns”, disse.
Ele considera de suma importância à destinação de emendas pelos vereadores, embora que os recursos sejam de apenas R$10 mil, mas que asseguram a execução do projeto em benefício da população. “Essa implementação é uma necessidade desse Poder Legislativo, pois não importa o montante, mas que garanta a destinação de emendas propostas pelos vereadores de Imperatriz”, frisa.
Assembleia – Marco Aurélio que assumirá em fevereiro o mandato de deputado estadual analisa que foram destinadas nestes últimos anos poucas emendas parlamentares para Imperatriz.
 “As emendas estaduais continuam com dificuldades para serem liberadas, mas estive na semana passada em São Luís com os deputados eleitos do nosso grupo político, onde devemos eleger para presidente da Assembleia Legislativa o deputado Humberto Coutinho”, revelou ele, ao anunciar que o valor das emendas de R$ 3 milhões/ano subirá para R$ 4 milhões/ano para cada deputado estadual, inclusive para os novatos que terão direito para indicar emendas para o exercício de 2015.
O deputado eleito garantiu, ao firmar compromisso com o povo, que destinará a maior parte dos recursos das emendas parlamentares o município de Imperatriz, devendo quebrar barreiras e mudando a regra que não se coloca emendas de deputados estaduais para Imperatriz. “A maior parte dessas emendas será para Imperatriz. Já liguei para o prefeito (Madeira) e sinalizei essa decisão, colocando emendas em áreas que são decisivas; logicamente que não é muita, não irá salvar o mundo, mas é uma questão de compromisso com a cidade que nos dar essa representatividade”, finalizou.

Médico Marcos Pacheco será o secretário de Saúde de Flávio Dino


O próximo secretário de Saúde do estado foi anunciado hoje (30) pelo governador eleito, Flávio Dino, através das redes sociais. O médico Marcos Pacheco comandará a organização das políticas de saúde no Maranhão a partir do dia 1º de janeiro.

Com o objetivo de implementar os compromissos assumidos pelo Programa de Governo apresentado por Flávio Dino à população maranhense, Marcos Pacheco fará parte da equipe da próxima administração. Entre as principais metas estão a humanização do atendimento, a consolidação das redes assistenciais, Urgência e Emergência e a implementação do programa Mais Médicos Estadual.

Conheça o perfil do indicado para a pasta:

MARCOS PACHECO – Secretaria Estadual de Saúde

O médico sanitarista Marcos Pacheco (UFMA / FioCRUZ) é funcionário público egresso da FUNASA cedido ao município de São Luís. Mestre e doutor em Políticas Públicas pela UFMA, é também bacharel em Direito.

Foi deputado estadual pelo PDT na legislatura de 1995-1999. Marcos Pacheco ocupou diversos cargos de gestão no Estado. Entre eles, o de secretário adjunto de Ações e Serviço de Saúde de São Luís; superintendente de Educação em Saúde e Gestão do Trabalho.

Professor universitário, é coordenador pedagógico do curso de Medicina e leciona no mestrado de Gestão em Serviços e Programas de Saúde da Universidade CEUMA, com foco em planejamento e gestão estratégica.

Chico Gonçalves será o secretário de Direitos Humanos e Participação Popular

O governador eleito Flávio Dino divulgou na manhã desta quinta-feira (30) o secretário de Direitos Humanos e Participação Popular. Com forte atuação junto aos movimentos sociais, o professor Francisco Gonçalves assumirá a pasta a partir de 1º de janeiro.

Com o redesenho previsto para a Secretaria, ela será responsável por conduzir as políticas sociais para melhoria do Índice de Desenvolvimento Humano, a implantação do orçamento participativo e da atuação dos conselhos nas ações do Poder Executivo.

Conheça o perfil do novo secretário:

FRANCISCO GONÇALVES DA CONCEIÇÃO - Secretário de Direitos Humanos e Participação Popular

Francisco Gonçalves é formado em Comunicação Social/Jornalismo (UFMA), doutor em Comunicação e Cultura (UFRJ) e professor do Departamento de Comunicação Social da UFMA. Com forte relação com os movimentos sociais desde a década de 70, Francisco foi assessor da Comissão Pastoral da Terra (CPT-MA) e conselheiro da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH)
.
Presidente da Fundação Municipal de Cultura de São Luís desde 2013, Francisco é pesquisador e foi também chefe do Departamento de Comunicação Social da UFMA. Sua atuação política vem desde a fundação do PT-MA, partido no qual sempre teve atuação ligada à defesa dos movimentos sociais e trabalhadores maranhenses.

Durante a campanha de Flávio Dino, desempenhou importante papel junto aos movimentos sociais, sendo um dos articuladores do “Pacto por um IDH Justo”, iniciativa que tem por objetivo unir esforços em toda a sociedade para  reverter os índices sociais do Maranhão.

Com foco na participação popular, Flávio Dino faz redesenho e articulação de secretarias


Por Aline Louise


A Secretaria de Direitos Humanos passará por um redesenho durante o Governo Flávio Dino. Para conduzir as políticas sociais para melhoria do Índice de Desenvolvimento Humano e de participação popular nas ações do Poder Executivo, a equipe de Flávio Dino programa uma modificação nesta pasta, que será denominada de Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular.

Com foco prioritário na redução das desigualdades e promoção de Direitos Humanos, a pasta será reformulada para atender o novo modelo de desenvolvimento defendido por Flávio Dino durante as eleições. Ao firmar o “Pacto pelo IDH” com movimentos sociais, Flávio se comprometeu a implantar ações ousadas de enfrentamento às desigualdades e políticas transversais para municípios com maiores dificuldades em setores de Educação, Saúde e Renda (integrantes do IDH).

A pasta de Direitos Humanos será responsável por promover as políticas transversais que enfrentarão o problema do IDH do Maranhão. Hoje, o estado possui o segundo pior desempenho em qualidade de vida, segundo dados do Atlas do Desenvolvimento divulgado pelo PNUD em 2013. No quesito “renda per capita”, o Maranhão fica na última colocação.

A Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular vai articular as políticas sociais que serão aplicadas por todas as secretarias, divididas por grupos de foco. As ações transversais vão ter atenção prioritária (mas não exclusiva) nas 20 cidades com menor IDH do Maranhão. O diagnóstico para atuação vem sendo feito pela equipe do governador eleito, tendo como referência o “Pacto por um IDH Justo” firmado junto aos movimentos sociais.

Conselhos, orçamento e participação
Outra nova função da Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular será a implantação do Orçamento Participativo no governo de Flávio Dino. Através de consulta popular e ativação dos conselhos estaduais que representam os diversos segmentos da sociedade, a sociedade maranhense será ouvida para a elaboração do Orçamento do Governo do Estado anualmente.

O Orçamento Participativo será conduzido pela pasta através de audiências públicas com os conselhos estaduais e com intensa utilização das ferramentas da internet. A sociedade civil ajudará o Poder Executivo a construir as prioridades anuais do Governo, tendo como base o Programa de Governo apresentado à população nas eleições de 2014. Após colher a opinião da sociedade, o orçamento será levado à Assembleia Legislativa para deliberação.

Esta e outras iniciativas promoverão a valorização efetiva dos Conselhos da sociedade civil e movimentos populares como participantes na articulação de programas e ações do próximo governo.

Desde seu primeiro pronunciamento como governador eleito, Flávio Dino fez questão de destacar que as políticas sociais e a melhoria da qualidade de vida serão prioridades em seu governo. Com a definição das novas funções para a pasta de Direitos Humanos e Participação Popular, o próximo governador acena para a priorização da participação popular e combate às desigualdades.

Eleição de 2016, nem pensar!

Quando Flávio Dino desembarcar no meio da tarde desta quinta-feira, 30, em Imperatriz, ele cumprirá uma tradição recente - embora, neste caso, adiada compreensivelmente em razão do segundo turno da eleição presidencial. Vai saudar e agradecer, e ser saudado e ovacionado, por uma cidade que tem se tornado a fortaleza da oposição na luta pelas reformas e alternância de poder no Maranhão. Começou com Jackson Lago.

E certamente terá que responder a perguntas sobre o tamanho da participação administrativa da cidade em seu governo, mesmo com a indicação de Clayton Noleto para a Infraestrutura e as centenas de cargos que ainda o governador eleito terá que dedicar-se a preenchê-los.

Mas Flávio Dino também será questionado sobre a eleição municipal de 2016, pela imprensa (aqui, no caso, cumprindo seu papel) e pelos apressadinhos de plantão desta ou daquela corrente política.

Claro que o governador eleito comandará o processo daqui a dois anos; evidente que seu partido, o PCdoB, tem planos legítimos de crescimento; porém Flávio Dino nem quer perder tempo com o assunto agora.

O momento é de transição, é de formação do futuro governo, de começo de um novo modelo político e institucional de governar, e, principalmente, de ouvir as vozes das ruas e de honrar compromissos de campanha com o povo.

Sucessão municipal, com sua lógica peculiar de alianças, deve ficar para a hora certa.

E na hora certa, Flávio Dino saberá posicionar-se. Com firmeza e tranquilidade. 
     

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Geraldo Carvalho Jr vai dirigir o Inmeq

Flávio Dino anunciou na manhã desta quarta-feira (29) mais um nome que integrará a sua equipe de governo a partir de 1° de janeiro. Geraldo Cunha Carvalho Júnior é a 11ª indicação para compor a próxima gestão. Ele será o diretor do Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq).
O Inmeq é um dos órgãos públicos da administração estadual que exercem o papel de proteção ao consumidor. Entre as atribuições, a fiscalização de produtos e instrumentos, como balanças, bombas de combustível, taxímetros, entre outros, e acompanhamento de medidas. Além disso, compete à instituição proteger o consumidor e mantê-lo informado, orientando sobre os cuidados que se deve ter ao adquirir produtos e serviços.
Conheça o perfil do novo diretor:
GERALDO CUNHA CARVALHO JÚNIOR - Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão
Economista formado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Geraldo Carvalho possui pós-graduação em Engenharia Econômica (UFMA). É membro conselheiro do Instituto de Cidadania Empresarial do Maranhão (ICE-MA) desde 2011. Foi professor da Universidade Nove de Julho (São Paulo). Possui ampla experiência na área de relação com o consumidor, já tendo atuado como representante de operações de campo do Banco Volkswagen, gerente comercial da Agisa - indústria sediada em São Luís.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Equipe de governo de Flávio Dino reúne-se para conduzir transição

Flávio Dino e Carlos Brandão reuniram-se nesta terça-feira (28) com secretários e presidentes de órgãos que integrarão a equipe já escolhida para a administração estadual a partir de 1° de janeiro. Na pauta do encontro, o planejamento de ações para os primeiros dias da nova gestão.

A equipe de transição de Flávio Dino ainda aguarda as respostas às solicitações feitas ao governo Roseana Sarney, em reunião no dia 14 de outubro. Por enquanto, os membros do próximo governo utilizam dados disponíveis em diários oficiais e documentos publicados para organizar ações e fazer com que os serviços públicos cheguem a toda população logo nos primeiros dias. No entanto, Dino reforçou publicamente o pedido ao atual governo para fornecimento de dados oficiais e colaboração na transição.

Durante a reunião, Flávio Dino e a equipe que o ajudará a administrar o estado alinharam os principais compromissos de Governo assumidos em campanha. Eledestacou a importância do empenho de todos para desenvolver o estado e promover igualdade social. A base foi o Programa de Governo apresentado à população e que está disponível na internet para consulta.

Flávio Dino visita Tribunal Regional Eleitoral

O governador eleito do Maranhão, Flávio Dino, foi recebido na manhã desta terça (28) pela Corte Eleitoral do Maranhão. Na reunião, a data para a diplomação dos candidatos eleitos nas últimas eleições estaduais no Maranhão ficou marcada para o dia 19 de dezembro, em São Luís.

Em visita à sede do Tribunal Regional Eleitoral, Flávio Dino conversou com os membros da Corte sobre o período eleitoral e sobre a oficialização do resultado das eleições de 2014. O desembargador Froes Sobrinho - presidente do Tribunal Regional Eleitoral - parabenizou Flávio Dino pela vitória nas urnas e destacou o trabalho respeitoso e assíduo do corpo jurídico do então candidato durante as eleições.

Além disto, Froes fez um relato sobre as inovações das eleições 2014, como a ampliação do uso da biometria, do número de juízes e promotores eleitorais e a agilidade na divulgação do resultado. “Tive o privilégio de comandar estas eleições históricas para o nosso estado,” destacou.

Eleito governador com 63,52% dos votos dos maranhenses, Flávio Dino cumprimentou os magistrados que conduziram a eleição e os servidores do TRE – órgão em que Flávio Dino trabalhou como juiz federal, entre 1995 e 1997. “Para mim, é um prazer voltar a esta Casa e visitá-los, pessoas que conheço de longas datas. E que, nas suas condições de juízes, agiram com imparcialidade e impessoalidade,” disse.

Participaram da reunião os membros da Corte Eleitoral Froes Sobrinho, José Eulálio, Daniel Blume, Alice Rocha, Raimundo Nonato Neris, Eduardo Moreira, Clodomir Reis. Flávio Dino estava acompanhado do deputado Marcelo Tavares (PSB) e dos advogados Carlos Lula, Deyse Menezes e Rodrigo Lago, que atuaram na campanha eleitoral.

Flávio Dino homenageia servidores públicos do Maranhão

O governador eleito Flávio Dino homenageou na tarde desta terça-feira (28) os servidores públicos. Servidor há mais de 20 anos, Flávio Dino defende o reconhecimento e a valorização do funcionalismo público. Para isso, apresentou um Programa de Governo com propostas que priorizam a qualificação profissional e o diálogo com as entidades representativas das categorias profissionais.

“Minhas homenagens aos colegas servidores públicos, especialmente aos do Maranhão. O trabalho de todos é essencial para que haja mais justiça”, disse Flávio Dino por meio das redes sociais. Como professor da UFMA, juiz federal e presidente da Embratur, Flávio Dino sempre se dedicou à vida pública como servidor.

Para ele, manter os servidores valorizados e reconhecidos é fundamental para a melhoria da prestação do serviço público do Estado. “Nossa prioridade é valorizar os servidores, por meio do conhecimento, de qualificação, estimular a evolução pessoal e profissional, dialogar com os servidores do Maranhão e discutir melhores condições de trabalho”, defende o governador eleito.

DEPUTADO NETO EVANGELISTA(PSDB) VAI COMANDAR A SEDES


O deputado Neto Evangelista (PSDB) foi anunciado há pouco como próximo secretário de Desenvolvimento Social do Maranhão. A informação foi dada pelo governador eleito, Flávio Dino (PCdoB), por meio das redes sociais.

Com o desafio de diminuir as desigualdades sociais no Estado, o novo secretário será responsável pela gestão de políticas públicas relacionadas ao combate à pobreza e inserção produtiva das famílias maranhenses. O trabalho será feio com interlocução com o setor empresarial e a sociedade civil.

Conheça o perfil do próximo gestor da pasta:

NETO EVANGELISTA – Secretaria de Desenvolvimento Social

Formado em Direito, Neto Evangelista é deputado estadual reeleito (dois mandatos) e servidor do Poder Judiciário aprovado em seletivo por três anos. Faz parte da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Maranhão como 2º vice-presidente.

Com militância em movimento estudantil, Neto Evangelista foi um dos deputados mais novos do país. Ao ocupar a presidência interina da Assembleia Legislativa em 2012, foi o mais novo presidente de Poder Legislativo das Américas, com 23 anos.

Durante seu mandato, teve como destaque o diálogo com movimentos sociais e defesa das classes trabalhadoras, com especial atenção aos servidores públicos.

TELMA MOURA, DE CAXIAS, SERÁ A CHEFE DE CERIMONIAL

Flávio Dino anunciou mais um nome de sua equipe de governo. A cerimonialista Telma Moura de Oliveira será a Chefe de Cerimonial do Governo a partir do dia 1º de janeiro de 2015, sob a administração de Flávio Dino.

Conheça o perfil da próxima chefe de cerimonial:

TELMA MOURA DE OLIVEIRA – Chefe de Cerimonial

Com experiência em vários ramos da comunicação, Telma Moura é formada em Comunicação Social – Relações Públicas há 20 anos. Dedicou maior parte de sua atividade profissional a conduzir a Chefia de Cerimonial em órgãos públicos. Desde 2006, ocupa a chefia de cerimonial da Prefeitura de Caxias – MA.

Com experiência em redação de jornal impresso, rádio e televisão, Telma Moura é maranhense e pós-graduada em Assessoria de Imprensa e também foi responsável pela condução da assessoria de comunicação da Gerência Regional de Caxias, órgão representante do Governo Estadual.

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

FLÁVIO DINO ANUNCIA MEDIDAS PARA A SEGURANÇA


O governador eleito Flávio Dino anunciou medidas que serão adotadas logo no primeiro mês de governo para garantir mais segurança à população maranhense. Entre as ações destacadas em entrevista concedida à Rádio Educadora, na manhã desta segunda-feira (27), estão o combate à criminalidade e ao tráfico de drogas, valorização das policiais Civil e Militar, além de dobrar o número de policiais, compromisso assumido com o Programa de Governo.

Um dos pontos destacados por Flávio Dino foi trabalho de prevenção e combate ao crime. “Vamos deixar claro que não queremos tráfico de drogas no Maranhão, vamos combatê-lo e melhorar questões de segurança para a pessoa jovem. Vamos fazer com que a economia cresça, além de levar espaços de esporte e cultura para todo o estado”, citou, ao lembrar que a insegurança tem vitimado números cada vez maiores de jovens. Outra prioridade para o setor, segundo ele, é dobrar o número de policiais que atuam no Estado. A meta será cumprida de forma progressiva, durante os quatro anos de gestão.

Para reduzir o índice alarmante de homicídios na capital, que chega a mil mortes por ano, Dino defende uma política firme de combate à criminalidade com enfrentamento às quadrilhas, ao crime organizado dentro e fora da Penitenciária de Pedrinhas.

Logo após anunciar o nome do próximo secretário de Segurança Pública do Maranhão, o delegado Jefferson Portela, o governador eleito ressaltou o papel do Estado de cuidar da valorização e motivação dos policiais e manter o diálogo com a categoria. “Nós temos o compromisso de aumentar progressivamente o número de policiais em todo o estado, que hoje tem a pior relação policial por habitante no país. A nossa meta é dobrar o número de policiais atendendo a comunidade das ruas até 2018 e, com isso, melhorar o combate à violência e garantir tranquilidade às famílias em todo o estado”, observou.

Nessa linha, Dino reafirmou que cuidará da temática dos direitos com uma política permanente de atendimento de reivindicações que foram deixadas no passado. Como exemplo, citou que logo no começo da gestão trabalhará para a revogação do Regulamento Disciplinar do Exército, em substituição a um Código de Ética, além de avançar nas questões salariais.

Propostas e Transição

A entrevista também respondeu dúvidas dos eleitores que ligaram diretamente para a rádio e conversaram com o governador eleito ao vivo. O momento foi de dar mais detalhes sobre seu Programa de Governo.

Flávio Dino reafirmou seu compromisso com a garantia de direitos e falou sobre a expetativa de avanço na transição do governo. Temas como saúde, educação, segurança e abastecimento de água foram discutidos pelo governador eleito que assume a administração do Maranhão a partir de 1º de janeiro.

Ele lembrou que equipe liderada por Marcelo Tavares e Márcio Jerry solicitou informações há cerca de 15 dias e até agora não obteve resposta da equipe designada por Roseana para fazer o repasse de documentos ao próximo governo.

“Nós estamos esperando a resposta. Tenho a expectativa e a esperança de que a transição agora seja acelerada”, disse ele ao reiterar o pedido para que a seja acelerada a prestação de informações, de modo que já no dia 1º de janeiro o governo possa cumprir as propostas do Programa de Governo.

FLÁVIO DINO CUMPRIMENTA DILMA PELA VITÓRIA HISTÓRICA

NOTA À IMPRENSA

CUMPRIMENTOS À PRESIDENTA REELEITA DILMA ROUSSEFF


Na condição de governador eleito do Maranhão, cumprimento a Presidenta Dilma pela vitória obtida neste domingo para exercer mais um mandato e fazer as reformas necessárias para que haja mais desenvolvimento e justiça social.

Desejamos que esse novo período seja marcado pela continuidade de importantes programas sociais, a exemplo do "Minha Casa, Minha Vida", bem como pela concretização de novos projetos, defendidos na campanha - como o "Mais Especialidades" na área da saúde.

O nosso Estado, com a superação do longo período de domínio coronelista, enfrentará as desigualdades e os péssimos indicadores sociais. Para isso, temos a certeza de que contaremos com a solidariedade da Presidenta Dilma e de sua equipe de governo.

Flávio Dino

Governador Eleito do Maranhão

DELEGADO JEFFERSON PORTELA SERÁ O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA

Em entrevista à rádio Educadora AM, Flávio Dino anunciou na manhã desta segunda (27) o próximo secretário de Segurança Pública do Maranhão. O delegado Jefferson Portela comandará a pasta a partir de 1º de janeiro, durante a administração de Flávio Dino à frente do Poder Executivo.

À frente da pasta, Jefferson será responsável pela implantação de políticas para prevenção de crimes, combate ao tráfico e à criminalidade no Maranhão. Em seu programa de Governo, Flávio Dino apresentou como proposta para a área a implantação do programa Pacto pela Vida – com a articulação de políticas de Estado entre todos os poderes para reduzir os índices de criminalidade no estado.

FLÁVIO DINO:"ESTAMOS CUMPRINDO O QUE O POVO ESPERA DE NÓS"

Flávio Dino falou sobre a formação de sua equipe de governo e também sobre os trabalhos da transição neste primeiro mês desde que foi eleito governador do Maranhão. “Estamos cumprindo o que o povo espera de nós, compondo a nossa equipe segundo critérios políticos e técnicos”, disse, ao anunciar que todos os cargos de secretários, presidentes e diretores de órgãos da administração estadual serão divulgados até o dia 15 de novembro. A agilidade na indicação dos nomes tem como objetivo o planejamento de ações já para no dia 1º de janeiro iniciar o cumprimento do Programa de Governo e atender as expectativas do povo.

Ainda sobre o trabalho da Equipe de Transição, Flávio disse esperar que nos próximos dias as solicitações feitas à atual Chefe da Casa Civil, Anna Graziella, sejam respondidas. Em reunião no dia 14 de outubro, foi entregue pedido formal de informações que ajudarão o próximo governo a conhecer a máquina pública e fazer com que os serviços públicos cheguem a toda a população desde o primeiro dia.

Na lista de solicitações, estão informações orçamentárias; tamanho da folha de pagamento do Estado; relatório da Lei de Responsabilidade Fiscal de 2014; demonstrativo das obras em andamento; Dívida Pública do Estado; resumo dos principais programas executados por cada Secretaria; e, relatório com informações detalhadas sobre hospitais em funcionamento, não entregues ou não concluídos.

Secretariado e gastos públicos

Anunciando convocar entrevista coletiva após o anúncio total da equipe de Governo, Flávio Dino disse que continuará utilizando a sua conta pessoal no twitter para indicação de secretários e presidentes de órgãos. Novos nomes foram prometidos já para esta semana.  Outro pedido do governador eleito à atual administração é de que seja mantida a capacidade de investimentos do Estado até o dia 31 de dezembro.

“Que novos gastos não sejam executados de modo não planejado de forma que venha comprometer o saneamento das finanças públicas e a capacidade de investimento a partir de 1º de janeiro. Espero o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal para que possa começar o Governo cumprindo os compromissos que o povo elegeu no dia 5 de outubro”, disse.

Entre as ações para esta semana, também está a visita à cidade de Imperatriz para agradecer a votação recebida da população do segundo maior colégio eleitoral do estado. Flávio visitará o município na próxima quinta-feira (30), onde 84% do eleitorado o escolheu para governar o estado.

sábado, 25 de outubro de 2014

Se a esperança venceu o medo, o Amor vai vencer o Ódio!

A eleição presidencial deste ano, sem duvida esta marcada por algumas reviravoltas e principalmente por uma polarização poucas vezes vista na historia da Republica brasileira. É comum identificarmos alguns  sentimentos, como a razão, a emoção, a torcida, mas sobretudo o amor e o ódio. 

Este ódio não surgiu do nada e não apareceu como passe de magica, já era possível identificar nas passeatas de junho do ano passado, um sentimento sobre tudo nas grandes cidades e em especial nas redes sociais, um ódio dirigido e que tem como objetivo atingir principalmente o Partido dos Trabalhadores (PT), este que é o partido que cristaliza uma frente ampla, que nos últimos doze anos vem mudando a cara e a vida dos Brasileiros.

Durante digamos a “reta final” das mobilizações de Junho, já era possível sentir um ódio a este projeto que vem mudando o país, setores consideráveis da imprensa brasileira ajudava e muito a jogar água neste moinho, visando certamente a disputa presidencial que iria se realizar neste ano. A Elite brasileira foi capaz de queimar bandeiras, evocar os sentimentos mais obscuros de ódio, dividir o Brasil como se fossem “eles” e “nós”, como se participar de alguma passeata fosse moda, que tal gigante acordou, ignorando todo um histórico de bravas lutas do nosso povo ao longo das décadas, desde quando o Brasil é Brasil, ou melhor, desde quando o Brasil ainda era Colônia.

O ódio nutrido e alimentado aflorou na abertura da Copa do Mundo, um público composto em sua maioria por endinheirado que gastaram uma boa nota para ter o ingresso, junto com aqueles que não fazem parte do mundo dos meros mortais (como a maioria dos brasileiros) e participam das rodas “VIP’s”, esses por sua vez conseguiram sem muitas dificuldades os seus ingressos. Juntos os primeiros com os segundos vaiaram a presidenta Dilma e pronunciaram palavras de baixo nível, mas isso era apenas a primeira brisa que ainda iria bradar, durante os próximos meses.

A candidatura oficial da representação da Direita tradicional brasileira, o senador mineiro que costuma passar mais tempo no estado do Rio de Janeiro, Aécio Neves já se beneficiava obviamente deste sentimento, por que afinal de conta é a oposição oficial à “isto tudo que tá ai”, mas usou e abusou quando viu suas chances diminuídas e ameaçada de ir ao segundo turno, pela candidatura de Marina Silva, uma espécie de candidatura que a nossa direita brasileira poderia adotar, meio que numa de “ se não tem tu, vai tu mesmo”. 

Neste momento Aécio toma uma decisão de assumir para si, a postura agressiva e o único representante possível de pegar esse ódio, esse antipetismo, este sentimento asqueroso e dizer com todas as letras o voto útil para derrotar o PT. Feito isso sua campanha só foi para o pior que poderia ir, se apoderou do espirito da direita conservadora, arcaica, e vem desde então nutrindo e incentivando este ódio, que nada mais é do que o ódio de classes, daqueles que sempre foram os possuidores, sempre detiveram o capital, privilégios, e todas as regalias, deste lado estão os  que não suportam a possibilidade de ver os mais pobres com carro, com perfumes caros, andar de avião, frequentar os mesmos shopping center e etc. 

Decidiram por entrar em um campo minado, um campo do ódio e por outro lado, sobrou para campanha da presidenta Dilma jogar em outro viés, na perspectiva de jogar claro com os brasileiros, admitindo que existe ainda muitos problemas no nosso país, mas que não é olhando para traz, não é com redução de direitos, não é com ódio, mas sim com amor no coração e brilho no olhar, que juntos iremos mudar mais ainda o Brasil. Nesta reta final de segundo turno, isso ficou ainda mais claro, e em especial nesta ultima semana de campanha. Neste momento se consegue sentir, nas ruas, nos atos e mais uma vez nas redes sociais, a campanha do ódio, tenta criminalizar os nordestinos, acusam tudo e todos de comunista ( como se isso fosse um grande mal), e o mais absurdo de tudo que o Brasil caminha para uma terrível Ditadura! 

Enquanto isso a campanha que leva a mensagem do amor e da esperança, da possibilidade de juntos o Brasil seguir um caminho de desenvolvimento e abrir um novo ciclo, vai cada dia que passa ganhando mais mentes e corações. Na primeira eleição de Lula em 2002 uma característica ficou marcada que foi o a esperança vencer o medo, de esta vez o Amor ira triunfar sobre o ódio. Nestes últimos três dias ainda existem muitos votos a serem conquistados, muitas batalhas a ser travadas, mas juntos iremos triunfar, não vamos aceitar dividir o Brasil, juntos construiremos com Dilma presidenta a abertura de um novo ciclo para o nosso amado e querido país. 

Aqueles que nutrem este ódio, sinto lhes dizer, mas  o ódio não saíra vitorioso desta batalha, a mensagem de amor e esperança, junto com a realidade dos últimos doze anos ira reconduzir o campo politico que muda o Brasil para a presidência da Republica e para as elites só resta a minha sinceridade, sim este governo tem um lado! O lado do trabalhador, o lado dos mais pobres o lado daqueles que nunca foram assistidos, para vocês só resta os meus pêsames... 

Adriano Matos (Mú) 
Presidente Estadual da UJS/MA

Lene Rodrigues será a chefe de gabinete do Governador Flávio Dino

No início da tarde desta sexta (24), o governador eleito Flávio Dino informou por meio das redes sociais também o nome de sua Chefe de Gabinete, que será a professora Joslene da Silva Rodrigues (Lene).

Professora ds Rede Estadual de Ensino, Joslene participou da coordenação da campanha de Flávio Dino nos anos de 2006, 2008, 2010 e 2014. Conhecida como Lene, ela faz parte do Diretório Estadual do PCdoB – MA.

Lene é formada em Química pela Universidade Federal do Maranhão e é professora efetiva da Rede Estadual de Ensino do Maranhão.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Flávio Dino anuncia presidente da Empresa Maranhense de Transportes Urbanos

Solucionar os problemas de mobilidade urbana, com foco na capital e nas cidades vizinhas, será uma das preocupações do governo de Flávio Dino. Por isto, nesta sexta (24), o governador eleito anunciou o presidente da Empresa Maranhense de Transportes Urbanos, que será criada durante o seu mandato à frente do Poder Executivo.

Este foi um dos compromissos assumidos por Flávio Dino durante a campanha. Após ouvir diversos setores da sociedade civil, surgiu a proposta da criação de um setor especializado em mobilidade urbana e transporte público.

A criação da empresa está prevista no Programa de Governo de Flávio Dino e funcionará como articuladora entre municípios das regiões metropolitanas para captar recursos junto ao Governo Federal e prestar assistência técnica aos municípios, com foco prioritário na Ilha de São Luís.

JOSÉ ARTUR CABRAL MARQUES – Empresa Estadual de Transportes Urbanos

Professor da Universidade Estadual do Maranhão, José Artur Cabral Marques é formado em Engenharia Elétrica e tem pós-graduação em Gestão de Transportes. No seu currículo estão também os mestrados em Planejamento de Sistema e em Engenharia de Automação.

Com 20 anos de experiência no setor privado, José Artur também é Gestor de Pós-Graduação na Universidade Ceuma e tem atuação destacada na prestação de consultoria para grandes empresas nacionais e multinacionais. Foi secretário adjunto de Transportes em São Luís.

Justiça suspende licitação abusiva do Governo Roseana


Juiz diz que licitação abusiva do governo Roseana pode ferir os cofres públicos

A Justiça proibiu, na tarde desta quinta (23), a licitação aberta pelo Governo Roseana Sarney que tinha por objetivo contratar empresa para gerenciar o Sistema Penitenciário do Maranhão por dois anos. O valor foi considerado abusivo e foi denunciado à Justiça pelo deputado estadual Marcelo Tavares (PSB), coordenador da Equipe de Transição designada por Flávio Dino.

Com valor de R$ 1,39 bilhão, a licitação seria realizada na tarde desta quinta (23), às 15h, na Comissão Central de Licitação do Governo do Estado. O valor, que corresponde a nada menos que 10% de todo o orçamento do Estado, foi considerada abusiva pelo juiz Dougla de Melo Martins, que responde pela Vara de Interesses Difusos e Coletivos.

O juiz acolheu a argumentação do deputado, que demonstrou que o contrato pretendido pelo Governo Roseana era abusivo. A licitação transcorreria no final do mandato de Roseana Sarney, o quer descumpre o artigo 42 da Lei Complementar 101/2000. O dispositivo legal proíbe que nos últimos oito meses de administração sejam feitas contratações que não possam ser pagas pelo governo que termina.

Além disto, o juiz salientou que o valor global do contrato ultrapassa o razoável para a contratação desse serviço está muito acima do praticado em todo o Brasil. A título de comparação, o juiz mostrou que o estado do Alagoas gasta mensalmente por preso o valor total de R$ 3 mil, enquanto o contrato proposto por Roseana Sarney dedicaria a cada preso nada menos que R$ 8.891,00 mensalmente.

A decisão, segundo o magistrado, teve por obrigação “resguardar o patrimônio público, especialmente em razão da proibição do enriquecimento ilícito do particular às custas da Administração Pública”. O caso continuará sendo investigado pela Justiça Estadual.

FLÁVIO DINO EM IMPERATRIZ DIA 30

O secretário indicado de Infraestrutura do Maranhão, Clayton Noleto, confirmou através de sua página no Facebook que o governador eleito Flávio Dino estará em Imperatriz no próximo dia 30 para agradecer à extraordinária votação que obteve na cidade e na região tocantina.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

DILMA OU AÉCIO, GANHA A DEMOCRACIA

A eleição presidencial de 2014 já é histórica em razão da competição cabeça a cabeça entre os dois candidatos que passaram ao segundo turno, mas também por três fatores a mais: a divisão clara de opiniões dos eleitores de cada candidato, o posicionamento cristalino e direto durante a campanha acerca de determinados assuntos e o efeito arrasador das redes sociais na difusão imediata de informações (verdadeiras ou falsas). 

Nunca uma eleição para presidente no Brasil despertou tantas paixões, radicalismos, discussões e debates nas ruas, na imprensa, em todos os segmentos sociais, como essa na qual somos os atores principais. Principalmente agora na reta final do segundo turno. 

O país já está "dividido", seja quem for o vencedor. E isso é bom. Porque mostra que estamos amadurecendo, que - afora os ânimos mais irracionais e exaltados - estamos sabendo lidar com os contraditórios. Civilizadamente.

Vimos no percurso do processo, candidatos marcarem posição firme e convicta sobre temas polêmicos, como o aborto e as drogas. Ser contra ou favor não significa ser progressista ou moderninho, conservador ou reacionário. Significa expor ideias e tentar sustentá-las com argumentos lógicos (ou aparentemente lógicos). Claro, dentro da Moral e da Ética, respeitando a legalidade e o direito de cada um.

Ao findar a campanha, todos ganhamos. Porque participamos ativamente de todo o processo e expomos nossas escolhas com honestidade com nós mesmos e com nossas consciências.

A "divisão" é uma ótima oportunidade para a reafirmação ou adequação das plataformas programáticas e ideológicas dos partidos. Chegou a hora dos posicionamentos claros, do fim da "suruba eleitoral" (termo já absorvido pela crônica política), de rever as ditas alianças, de sepultar o fisiologismo, a demagogia, a hipocrisia e o oportunismo. Conseguiremos?

Dilma ou Aécio, quem ganhou foi a democracia. Estamos no rumo certo, como Nação e como Povo. Agora é com os políticos. Que sejam capazes de entender, de uma vez por todas, que acordamos para a realidade.

Deputado pede na Justiça anulação de licitação abusiva do Governo Roseana


O deputado estadual Marcelo Tavares (PSB) já recorreu ao Poder Judiciário para pedir a suspensão do processo licitatório do contrato de R$ 1,3 bilhão para gestão do sistema penitenciário. O caso foi denunciado na manhã desta quarta-feira (22) no plenário da Assembleia Legislativa. 

O contrato licitado por Roseana Sarney às vésperas de deixar o cargo representa o equivalente a 10% do orçamento total do Estado. Para cada preso, o gasto mensal seria de R$ 8.891,00, valor que representa o dobro da média nacional de gastos no setor, que é de aproximadamente R$ 4 mil.

No documento entregue à Justiça, o coordenador da Equipe de Transição de Flávio Dino, Marcelo Tavares destaca a necessidade da contratação de empresas para prestação de serviços de suporte e apoio à administração penitenciária. “Todavia, é indispensável certificar-se de que a contratação desses serviços seja feita de forma lícita e responsável, afim de que atenda o verdadeiro objeto da contratação com valores equitativos que não lesem o erário”, consta na ação.

A preocupação da Equipe de Transição designada por Flávio Dino para conhecer os contratos vigentes do Estado a partir de 1o de janeiro é garantir que a próxima Administração do Estado seja feita com contratos que cumpram todas as disposições legais da Administração Pública. Isto é, assegurar a legalidade, moralidade e economia nos gastos públicos.

Conforme demonstrado pelo deputado na tribuna e na petição, a licitação aberta pelo governo Roseana Sarney no fim do mandato tem cifras muito acima da média nacional e podem comprometer os cofres públicos estaduais. O deputado afirmou que todo trabalho da transição será feito para impedir abusos do grupo Sarney nos últimos meses de mandato e garantir que o próximo governo tenha condições de implantar as políticas públicas aprovadas amplamente pela população maranhense nas últimas eleições.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Davizinho pede voto para Dilma e diz que obra da BR-010 não vai parar



Em sua página no Facebook, o deputado federal Davi Júnior, o Davizinho, diz que a obra de duplicação da BR-010, trecho urbano de Imperatriz, “saiu do papel” graças ao empenho da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula.

“As eleições presidenciais estão chegando e não poderia deixar de pedir o seu voto de confiança mais uma vez na nossa presidente Dilma Rousseff número 13, pois se a revitalização saiu do papel devo isso a ela e ao presidente Lula”, escreveu Davizinho, que não conseguiu se eleger, novamente, para a Câmara dos Deputados – ele assumiu o atual mandato com a morte do eleito Luciano Moreira.

Na postagem, o deputado informa que tem recebido “diversas mensagens me perguntando se a obra da BR-010 vai parar”. 

“Quero afirmar a vocês que essas obras não irão parar. O que houve foi uma suspensão temporária de uma semana atendendo a determinação do Tribunal Superior Eleitoral, visto que as fibras óticas que correm as margens das BRS não podem em momento nenhum sofrer panes até que seja promulgado o resultado das eleições. Já na próxima semana as obras estão [sic] em ritmo acelerado”, garantiu Davizinho.