Ações 2015: Governo investe em educação e valorização de professores

A educação está no centro das políticas públicas desenvolvidas pelo governo Flávio Dino. Os investimentos em construção e reforma de prédios escolares, aliados aos esforços para garantir a valorização profissional e elevação da qualidade do ensino público foram pautas importantes para o Governo do Maranhão em 2015.

“Neste primeiro ano desenvolvemos ações que vão da educação infantil à pós-graduação. Educação é o principal investimento para desenvolver o Maranhão”, destaca o governador Flávio Dino.

O governador ressaltou a importância do programa ‘Escola Digna’ para o planejamento do setor neste primeiro ano de gestão. O ‘Escola Digna’ é uma macropolítica de educação que envolve o planejamento para construção e reforma de escolas, bem como o mapeamento pedagógico e a preocupação com o fluxo ensino/aprendizagem.

O Governo do Estado já iniciou as obras do ‘Escola Digna’, que está substituindo escolas de palha, taipa e barracões por estruturas de alvenaria. O programa é parte das 23 ações/projetos estratégicos do Plano de Ações ‘Mais IDH’, nos 30 municípios maranhenses com menores Índices de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM).

As construções das novas escolas estão em andamento em Marajá do Sena, nos povoados Lagoa Nova, Bandeira, Jurema, Viajeiro, Chapada da Conquista e Campo Seco, todas com recursos do tesouro estadual. Em Fortaleza dos Nogueiras, as obras serão realizadas em parceria com a iniciativa privada por meio da empresa Agrosserra. Treze escolas estão em fase de contratação em Fortaleza dos Nogueiras para início das obras nos povoados de Conceição do Lago Açu, Pedro do Rosário e Bom Jardim. Atualmente, 134 obras encontram-se em processo licitatório e até 2018 serão construídas 300 escolas.

“Acreditamos que a escola dos sonhos de todos os maranhenses propicia a alunos e educadores um ambiente acolhedor, em que eles possam se desenvolver com liberdade, consciência e que sejam estimulados a transformar o mundo. No Maranhão, nosso desafio é progressivamente melhorar o ambiente escolar e dar condições de bom desempenho da missão de educar, propagar vida e formar cidadãos livres”, ressalta Flávio Dino.

Além dos investimentos por meio do programa ‘Escola Digna’, outro importante passo para a educação do Maranhão foi o lançamento, em 2015, do projeto de construção dos 30 Núcleos de Educação Integral, prédios escolares que funcionarão como espaço para a prática de estudos, pesquisa, lazer e esporte dos alunos da rede pública. Serão investidos R$ 148 milhões no projeto.

Recuperação da rede física escolar
Ao assumir o Governo do Estado, o governador Flávio Dino estabeleceu um plano de manutenção e recuperação da rede física escolar estadual coordenado pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc). Para tanto, o governo iniciou a reforma de 46 prédios escolares, de um total de 60 escolas que serão recuperadas em todo o estado, nos próximos meses. Os recursos são da ordem de R$ 90 milhões.


Estão com as obras iniciadas escolas em São Luís, São Mateus, São Bento, Cândido Mendes, Alcântara, Carutapera, Bacurituba, Vitória do Mearim, Chapadinha, Itapecuru-Mirim, Imperatriz, João Lisboa, Coroatá, Caxias, Icatu, Morros, Rosário e Axixá.

Valorização de professores
Desde os primeiros dias de gestão, o governador Flávio Dino implementou várias ações práticas e efetivas em prol dos profissionais da educação do Maranhão, entre elas, a aplicação do percentual de 13,01% de reajuste salarial do piso nacional a todas as referências funcionais do magistério, beneficiando  quase 30 mil professores; progressão funcional de mais de 12 mil docentes, atendendo uma demanda represada há quase 20 anos; concessão de reajustes de 15% no salário dos professores contratados; prorrogação de contratos de 4.990 professores temporários e contratação, através de processo seletivo, de mais 2.500 educadores, além da realização seletivo para contratação de 41 professores para o programa Projovem Urbano, 84 para o Projovem Campo/Saberes da Terra e 120 para a EJA nas unidades prisionais; além do concurso público com 1.500 vagas para o quadro permanente de professores do Estado, sendo 270 vagas para a educação especial e mais 300 cadastros de reserva, com remuneração de cerca de R$ 5 mil.

Ainda na área da carreira docente, o Governo do Estado regulamentou a ampliação da jornada de trabalho dos professores, de 20 horas para 40 horas semanais com remuneração proporcional, o que não ocorria antes e significou outro passo importante na valorização do magistério.

Com intuito de garantir a formação continuada dos profissionais da educação, o governador Flávio Dino instituiu a Rede Estadual de Formadores e assinou, em novembro deste ano, o Decreto nº 31.358, autorizando a lotação de profissionais nas regionais de educação para fortalecimento da rede, com o foco na formação continuada de professores em todo o Maranhão. Mais de 1.777 professores já participaram de Formação Continuada desde a criação da rede, em março deste ano. Ao todo, são 50 formadores, distribuídos nas 19 regionais, para atendimento das redes estadual e municipal de ensino.

“Nosso governo tem um compromisso com a qualidade social da educação no processo de construção da política educacional do Maranhão. É preciso conduzir a educação como uma política pública de Estado, de forma coletiva, o que envolve a promoção de ações educacionais que abrangem dimensões fundamentais para a formação dos indivíduos, melhorando os espaços escolares, orientando as atividades pedagógicas e curriculares, desenvolvendo um significativo processo de formação de professores e de gestores”, destaca a secretária de Estado da Educação, Áurea Prazeres.

A atual gestão regulamentou o processo seletivo democrático para a escolha de gestor escolar, que antes era feito com base em indicação política. A eleição aconteceu no último dia 10, em 455 escolas do Sistema Estadual de Ensino. Mais de 400 mil eleitores (pais, estudantes e professores) foram credenciados. O processo seletivo foi desenvolvido desde o início do ano com ações formativas, amplo debate nas escolas e o exame de certificação, de forma participativa e democrática.

Mobilização pela alfabetização
Para o combate ao analfabetismo que, segundo o IBGE, possui um percentual de 21,6% entre pessoas com 15 anos ou mais de idade no Maranhão, o governo instituiu dentro do Plano de Ações ‘Mais IDH’, a mobilização pela alfabetização, com o convênio firmado com o MST para a jornada de alfabetização, “Sim, eu posso”, em oito municípios com baixo IDH, beneficiando 15 mil pessoas e fortalecendo a parceria com o Governo Federal para o Programa Brasil Alfabetizado, que atende, no ciclo 2013 exercício 2014/2015, 111 municípios, beneficiando 45.014 jovens, adultos e idosos.

Regime de colaboração
Em regime de colaboração com os municípios, foi instituído, no âmbito da Seduc, o programa de correção de fluxo idade\série, que atende, atualmente, em todo o estado, 53 municípios, 208 professores, 221 turmas e 4.270 estudantes.  No Maranhão, 25% dos estudantes tem distorção idade/série, de até dois anos.

Para garantir transporte digno e com segurança aos estudantes maranhenses nos municípios, o Governo do Estado investiu R$ 11 milhões, somente em 2015, no apoio ao transporte escolar de estudantes do Ensino Médio. Os recursos são repassados aos municípios maranhenses por intermédio do Programa Estadual de Apoio ao Transporte Escolar no Estado do Maranhão (Peate/MA), lançado pelo governador Flávio Dino, em caráter complementar ao repasse do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar. O Programa beneficia mais de 50 mil estudantes residentes no meio rural. Dos 217 municípios do estado, houve adesão ao programa em 165 deles.

Foi criado, também, na Secretaria de Educação uma Rede de Assistência Técnica que atuou nos 217 municípios para dar agilidade na elaboração e adequação e aprovação dos Planos Municipais de Educação. Dessa forma, o Maranhão, foi proporcionalmente, o estado com maior percentual de planos aprovados dentro do prazo determinado pelo MEC. Até o momento 214 municípios já estão com seus planos sancionados, os demais se encontram em processo avançado para a sanção pelos gestores municipais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Flávio Dino entrega casas, água, VIVA e outras obras em 5 cidades

VIVA/Procon de Godofredo Viana será inaugurado oficialmente nesta quarta (22) Projeto Aquaponia está beneficiando milhares de pess...