Prefeito acuado: vereadores querem saber tudo sobre licitação do lixo

Após abrir espaço na Tribuna Popular para ouvir as demandas e encaminhamentos de reivindicações de agentes de limpeza e dos motoristas, na sessão de terça (30), a Câmara Municipal de Imperatriz vai ampliar o debate acerca do processo de licitação da coleta de lixo e limpeza urbana realizado pela Prefeitura sob condições ainda não totalmente esclarecidas.

Atendendo requerimento do vereador Carlos Hermes (PCdoB), a Casa realiza nesta quinta-feira (1º) audiência pública, a partir das 9 horas, para ouvir representantes da Prefeitura e da empresa vencedora da licitação e obter esclarecimentos sobre pontos ainda obscuros do certame licitatório.  

Foram convidados para a audiência pública, representantes da Prefeitura, das empresas Redenção (vencedora da licitação) e Brasmar (antiga concessionária do serviço), do Ministério Público, da Defensoria Pública, do Sindicato dos Agentes de Limpeza Pública e da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Imperatriz (Ascamari).  

“Há muitas dúvidas e questões sem respostas sobre a licitação e a verdadeira situação da empresa que venceu a licitação, além claro de rumores e notícias na imprensa sobre supostas irregularidades no processo licitatório”, diz o vereador Carlos Hermes.

Segundo ele, “será a oportunidade para a Prefeitura e a empresa vencedora da licitação esclarecerem os questionamentos e dúvidas que hoje toda a cidade nos encaminha”.  

A Construtora Redenção venceu dois pregões, um para contratação de caminhões e outro para mão de obra, no valor de R$ 34 milhões, por um contrato de 1 ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EXCLUSIVO Márlon Reis diz que Senado é “opção possível”

Márlon Reis, ex-juiz, um dos criadores da Lei da Ficha Limpa (Foto: Carlos Gaby) Em entrevista exclusiva ao blogue, o advogado e ex...