Frente anti-Madeira se reúne nesta 3ª


Representantes de cinco partidos se reúnem nesta terça-feira para mais uma rodada de conversações sobre a formação de uma frente esquerdista anti-Madeira com vistas a eleição municipal de outubro.

Dirigentes de PDT, PCdoB, PSB, PPS e PT foram convidados para o encontro.

Entre os assuntos, a deliberação para realização de convenções conjuntas.

“O objetivo é marcar a convenção juntos para mostrar para a cidade que estamos juntos, independente de quem for o candidato”, diz um dirigente pedetista.

Os líderes partidários esperam também bater o martelo para anunciar oficialmente a frente. “Nos bastidores estamos fechados, só precisamos fazer essa reunião para definir os detalhes”, confidencia o otimista dirigente do PDT.

Por enquanto,segundo ele, a incógnita é o PT. “Eles [petistas] estão conversando internamente, mas no final é possível que estejamos juntos”, relata a fonte, confirmando que o ex-prefeito Jomar Fernandes é simpático à participação petista na frente.

O nome do deputado estadual Carlinhos Amorim (PDT) desponta como alternativa quase certa, mas não é unanimidade.

Segundo o pedetista, “não existe consenso sobre nomes”. “Se a gente discutir nomes agora não conseguiremos juntar. Pode ser qualquer nome da frente. Temos que discutir o projeto. Não tem nada definido sobre quem vai ser o candidato a prefeito. O importante é o palanque de Flávio Dino, para libertar o Maranhão”.

Há outras opções, como o vereador Edmilson Sanches (PCdoB), Adalberto Franklin (PT), e o ex-vice-governador Pastor Porto (PPS).

PCB e Psol está descartados, pelo menos por enquanto. O pedetista justifica: “O Psol e PCB, suas resoluções não permitem aliança conosco. Da nossa parte era importante, mas eles tem resolução nacional, lá está definido Aluísio Melo candidato a prefeito”.

Mas outros partidos podem ser atraídos para a frente. “Tem um bocado de partido querendo estar com a gente, só que precisamos fechar primeiro entre os cinco para avançar com os outros setores”.




2 comentários:

  1. Nunca ví tanta besteira desse "dirigente pedetista". "Resolução nacional", "Flavio Dino libertar o Maranhão", haja embromação. Segundo o comentário feito a mim por um amigo do PPS, ele faz duas considerações. 1 - Lá na tal Frente, o Pastor Porto é o primeiro nas pesquisas, o terceiro na geral, depois de Madeira e Ildon, dai eu pergunto, se ele não for o vice do Madeira, vai abrir? O Dep Carlos Amorim que está novamente indo na conversa do Jean Carlo, conta como certo que ele é o escolhido da Frente para a cabeça de chapa, afinal isso é o que lhe encoraja a novamente colocar seu nome, depois de ter "jogado a toalha" umas três vezes esse ano - a última foi ha cerca de 15 dias numa reunião do PDT em Imperatriz, na casa do Rildo Amaral Imperatriz. Edmilson Sanches , rompeu com o PSDB, correu o risco de cassação de seu mandato de vereador ao mudar para o PCdoB, exatamente para ser candidato a prefeito. Começou sua campanha desde que assumiu como vereador em 2009, todo dia faz uma reunião num bairro da cidade. Talvez o único que não tenha muitas razões para bater o pé e não abrir da candidatura seja Adalberto Franklin (PT), pois tem apenas um pequeno grupo, já que a maioria dos petistas de Imperatriz foram para o PC do B, outros continuam ligados ao vice-governador. mesmo assim, me disse o ex-deputado Valdinar Barrros que a candidatura do Adalberto é uma decisão do partido e em recente reunião foi novamente batido o martelo. Outra coisa, segundo argumenta o membro do partido de Carlos Porto, é essa certeza colocada por alguns de quem quem Flávio apoiar sairá vencedor. "Ele nem se elegeu governador ainda", diz.
    Outra coisa: uma idiotice querer "amarrar as eleições de 2012 a de 2014. Como diz o Igor Matos Lago: "cada município tem sua realidade, seus protagonistas. Não é fácil arrumar tudo e todos num só projeto estadual quando este ainda acontecerá daqui a dois anos, quando não temos um planejamento de concertar todas as oposições em torno de um programa de governo, ou seja, de compromissos. Nas eleições municipais, discutem-se os problemas locais, as suas soluções, enfim, as cidades".

    ResponderExcluir
  2. Palanque pro Flávio Dino pra libertar o Maranhão? rsrs, só sendo piada, libertar de que mesmo? a esquerda já demostrou do que são capazes quando estão no governo.

    ResponderExcluir

Weverton Rocha comanda encontro do PDT em Imperatriz

Weverton Rocha (ao centro de camisa preta) com um grupo de vereadores de Imperatriz Pré-candidato ao Senado, o deputado federal Wev...