Até 26/02: Fundo Brasil vai doar mais de R$ 1 milhão a projetos de direitos humanos

Faltam menos de 10 dias para que projetos se inscrevam em dois editais do Fundo Brasil de Direitos Humanos que estão abertos até o dia 26/02. Mais de R$ 1 milhão serão doados a iniciativas em todo o país.

O edital anual “Combate à Violência Institucional e à Discriminação” vai doar até R$ 800 mil a projetos que enfrentem as violações de direitos humanos promovidas por instituições oficiais, suas delegações e/ou empresas. Serão selecionados projetos com valor total de no mínimo R$ 20 mil e no máximo R$ 40 mil para até um ano de duração.  
O edital “Juntos/as contra a violência que mata a juventude brasileira” vai doar R$ 560 mil a projetos que tenham como foco a juventude no enfrentamento à violência. Um dos objetivos desse edital é a ampliação e a qualificação do debate público para o enfrentamento à violência contra a juventude, principalmente a juventude negra. O Fundo Brasil vai doar até R$ 40 mil aos grupos ou indivíduos apoiados.  

Os principais critérios para a seleção dos projetos são a adequação ao foco do edital, impacto social pretendido, potencial efeito multiplicador, criatividade, caráter inovador e consistência da proposta, conexão com redes, fóruns, articulações locais, regionais ou nacionais, existência de vínculos com as comunidades com as quais a proposta se relaciona, adequação da proposta às necessidades reais da comunidade ou do público diretamente beneficiado, idoneidade e legitimidade do grupo, organização ou indivíduo, capacidade do proponente para desenvolver o projeto e diversidade regional. 

Os projetos são selecionados por meio de um processo que inclui triagem interna, análise por um comitê formado por especialistas em direitos humanos e análise da diretoria. 

A prioridade são organizações da sociedade civil e defensores de direitos humanos que tenham poucos recursos e dificuldades de acesso a outras fontes de recursos. 

As propostas serão recebidas até o dia 26 de fevereiro de 2016. As informações sobre como apresenta-las e todos os critérios de seleção estão disponíveis no site do Fundo Brasil e nas páginas da fundação no Facebook e no Twitter. 

Juventude
Lançado em formato de história em quadrinhos, o edital “Juntos/as contra a violência que mata a juventude brasileira” tem como foco o fato de ser fundamental criar condições para que os jovens sejam os principais sujeitos no enfrentamento à violência que os atinge. Os números da violência mostram a necessidade desse enfrentamento. 

Em 2012, 56 mil pessoas foram assassinadas no Brasil e, dessas, 30 mil tinha entre 15 e 29 anos e 77% eram negros. Das 607.731 pessoas presas em 2014, 67% eram negros, a maioria jovens. Entre 1996 e 2013 o número de adolescentes cumprindo medidas socioeducativas aumentou 443%. Em 2014 houve um aumento d 37% das mortes causadas por intervenção policial. 

Fundo Brasil
O objetivo do Fundo Brasil é promover os direitos humanos e sensibilizar a sociedade para que apoie iniciativas capazes de gerar novos caminhos e mudanças significativas para o país. 

A fundação disponibiliza recursos para o apoio institucional e para atividades de organizações da sociedade civil e de defensores de direitos humanos em todo o território nacional. Em quase dez anos, já destinou R$ 11,7 milhões a cerca de 300 projetos em todas as regiões do país. 

Além da doação de recursos, os projetos selecionados são apoiados por meio de atividades de formação e visitas de monitoramento. 

Editais
As informações sobre como apresentar propostas e os critérios de seleção dos editais estão disponíveis no site do Fundo Brasil. 

Saiba mais sobre o Fundo Brasil
Site: www.fundodireitoshumanos.org.br 
Facebook: www.facebook.com/fundobrasil 
Twitter: @fundobrasil 

Para colaborar: http://digasim.org.br/ 
Informações para a imprensa
Lead Comunicação
(11) 3168-1412

Hedy Boscolo 
(11) 3046-2531
hedy@lead.com.br

Karol Coelho 
(11) 3046-2522
karol@lead.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prefeitura troca multas trabalhsitas por equipamentos públicos

Márcia Nardin, representando a 1ª vara do Trabalho de Imperatriz, e o Secretário de Administração José Antonio Pereira Os bairros d...