Bandido que se mude da cidade, avisa comandante da Rotam

Operação Tolerância Zero faz abordagens em pontos estratégicos da cidade



Pricipal unidade de combate tático e de apoio a operações especiais da Polícia Militar do Maranhão, a Rotam iniciou a Operação Tolerância Zero em Imperatriz nesta semana para fechar o cerco a ação de criminosos em áreas críticas e aos crimes mais comuns registrados na cidade, como assaltos à mão armada a pessoas e estabelecimentos comerciais, roubo de motos e carros e tráfico de drogas.
A Operação Tolerância Zero está fazendo abordagens em pontos estratégicos da cidade.




Com nova base na Vilinha e comandada pelo capitão Fábio, a Rotam opera agora com 40 homens, 6 viaturas e 2 motocicletas.
"Temos compromisso com a sociedade e não com malfeitores. Viemos para incomodar e quem for fora-da-lei que procure outra cidade para morar", avisa o capitão Fábio, sub-comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar (BPM), oficial experiente com vários cursos de operações especiais e de combate, responsável pela remodelação da unidade.
Ele tem acompanhado pessoalmente as ações de sua tropa e participado das abordagens. "Nossos 'rotamzeiros' agem como exímios caçadores, atuando de forma cirúrgica na caça aos criminosos".
O coronel Edeilson Carvalho, comandante do 14º BPM, atuou de forma direta no processo de modelação da unidade. "O comandante acreditou e aposto no nosso serviço", frisa o capitão Fábio.
"Estou muoito feliz pela concrtização desse sonho, que é a Rotam ter a sua própria base", afirma o PM Kherlilsson, um dos criadores da Rotam na cidade.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

A criação da Comenda Frei Manoel Procópio

Maior honraria concedia pelo Município de Imperatriz, a Comenda Frei Manoel Procópio leva o nome do missionário, considerado o fundador...