Contas na mesa

Dois ex-prefeitos terão contas de suas gestões julgadas pela Câmara de Vereadores de Governador Edison Lobão.

Nesta quinta-feira (30), se não houver contratempos, os vereadores apreciam as contas do exercício de 2004 de Ney Bandeira. Ney foi o primeiro prefeito do município e governou por dois mandatos, mas não conseguiu eleger o sucessor.

Washington Plácido, o sucessor e adversário, também tem contas a serem julgadas pela Câmara. Uma delas estava programada para a pauta deste mês, mas deve ficar mesmo só para agosto, já que em julho há recesso legislativo.

Plácido acaba de deixar o DEM e ingressar no PMDB, do qual será o presidente da comissão provisória. O ex-prefeito tem ainda mais dois partidos sob controle de aliados, o PP e o PTB. Telma Plácido, sua esposa, também migrou dos Democratas paras as hostes peemedebistas. Ela é um dos nomes lembrados pelos eleitores de Governador Edison Lobão para a eleição majoritária do ano que vem, e, segundo gente que conhece as coisas da política do eterno Ribeirãozinho, tem chances reais de conquistar a Prefeitura nas urnas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Câmara não descarta acionar MP para suspender pagamento de contas de energia elétrica em Imperatriz

A comissão de vereadores formada para encaminhar as proposições no relatório que será enviado a autoridades, órgãos e entidades locai...