Câmara suspende sessão com medo de manifestação

Objetivo das visitas dos vereadores: olhar e não fazer nada (Foto: Gil Carvalho)

Com o pretexto de visitar áreas alagadas pelas chuvas que caíram nos últimos dias, a direção da Câmara de Vereadores decidiu suspender a sessão desta terça-feira (18). Mas o real motivo é outro: medo de manifestações nas galerias e  fechar o espaço que os quatro vereadores da oposição teriam para fustigar a administração municipal em razão do abandono em que se encontra a cidade.

Os madeiristas tiveram o domingo e a segunda toda para fazerem as visitas, mas resolveram mostrar a cara justamente em dia de sessão. Fugindo da responsabilidade e calando a oposição, acham que estão ajudando o prefeito. Ledo engano. Deveriam sim, chamar gente da Prefeitura, moradores das áreas atingidas, especialistas e discutir o problema com propósitos claros de ajudar realmente na solução do problema. 

Mera demagogia, as visitas. Bastam apenas para fotos que serão distribuídas à imprensa e nada mais.

Aliás, defender o indefensável parece ser uma especialidade dos nobres governistas. Da bancada, segundo informações de próprios colegas, quatorze já teriam "fechado apoio" à reeleição do deputado estadual Antonio Pereira (DEM). Foram "por convicção", quem acredita?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Flávio Dino garante reforma do Socorrão de Imperatriz

Em audiência nesta terça -feira (22), no Palácio dos Leles,  o governador Flávio Dino garantiu ao prefeito Assis Ramos a liberação de recu...