O 'Implacável' Assis Ramos

Prefeito Assis Ramos e sua esposa, dona Janaína
Parece nome de filme italiano de faroeste ou dos antigos livrinhos de bolso de bang-bang. Mas não é. É como já está sendo chamado o prefeito Assis Ramos. Assim como com os bandidos, promete ser implacável com os corruptos. Foi o que disse claramente em seu discurso de posse.

Além de Deus (que citou seis vezes) e de povo, palavras que os políticos adoram usar em seus discursos, Assis Ramos centrou sua fala na “batalha sem trégua” que promete travar para comandar a cidade, com “bons serviços e equipamentos públicos que a torne mais humana”, o combate à corrupção, a redução de gastos, as dificuldades na infraestrutura e na saúde, a relação com todas as esferas do poder.    

Fez um relato breve sobre a campanha e dedicou sua vitória à jornalista Fernanda Ribeiro, marqueteira de sua equipe, falecida poucos dias após a eleição.

Disse que “venceu a proposta real da clara transparência”, e que “sonho dos melhores propósitos pode vencer os projetos endinheirados”.
Profetizou “que nossa maior obra seja o bom exemplo”.

Afirmou acreditar que as pessoas “possam se dizer testemunhas de um mandato inteiro arredio à toda e qualquer forma corrupção”. E mandou o recado: “Talvez não tenha como evitar um ou mais episódios, mas posso e serei implacável com qualquer desvio de comportamento que verificar”.

Disse que “o momento agora é de convocação geral”, em que o povo (novamente o povo) e os políticos, com ou sem mandato, trabalhem pela cidade. “Imperatriz espera o máximo de cada um de nós”.

Espera por uma “relação intensa, transparente e produtiva” com a Câmara de Vereadores, as bancadas estadual e federal, o Governo do Estado e a União.
Disse que seu governo será transparente. “O povo dentro do governo ciente de tudo o que se passa”.

Anunciou que vai “adotar medidas duras, para que os recursos rendam mais”.
Relatou que foi convidado pelo governador Flávio Dino e ouviu “o que tinha certeza que iria ouvir”: Imperatriz não será discriminada. “O governador nos franqueou as portas de seu governo sempre que precisarmos do seu apoio. E isso vai acontecer muitas vezes”.

Prefeito nunca mais
Durante discurso na cerimônia de transmissão de cargo, o agora ex-prefeito Sebastião Madeira anunciou que não disputará mais eleição para prefeito.

Deve tocar projeto para a Câmara dos Deputados ou o Senado Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EXCLUSIVO Márlon Reis diz que Senado é “opção possível”

Márlon Reis, ex-juiz, um dos criadores da Lei da Ficha Limpa (Foto: Carlos Gaby) Em entrevista exclusiva ao blogue, o advogado e ex...