CÂMARA DE SP APROVA RESTRIÇÃO A CELULAR EM BANCOS

A Câmara Municipal de Campinas (93 km de SP) aprovou ontem (22) à noite, em segunda discussão, um projeto de lei que proíbe o uso de telefone celular dentro de agências bancárias da cidade.
O objetivo da lei é inibir assaltos a clientes nas chamadas "saidinhas de banco". O projeto depende agora da sanção do prefeito Hélio de Oliveira Santos, o Dr. Hélio (PDT), para entrar em vigor.
Geralmente os crimes praticados na saída dos bancos tem o apoio de comparsas que ficam no interior das agências observando um cliente e dão os avisos a criminosos por meio de um telefone celular.
O autor do projeto, vereador Luis Yabiku (PDT), disse que a ideia é colocar placas dentro das agências bancárias para informar a proibição do uso do celular. Segundo ele, em caso de emergência, o cliente poderá pedir ao gerente do banco para usar o aparelho.
O projeto prevê a apreensão do aparelho em caso de desobediência da lei. Neste caso, o celular será devolvido após a saída do local.
O responsável pelo banco também poderá pedir o apoio policial em caso de insistência, informou a assessoria de imprensa da Câmara Municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Novo secretário de Esporte vem da atividade legislativa

Flávio Dino e o novo secretário de Esporte, Hewerton Pereira (Foto: Nael Reis/Secap) O governador Flávio Dino deu posse nesta segunda-f...