Marcelo Tavares diz que vai discutir contratos de 2010 do governo Roseana

Marcelo Tavares, líder da oposição: "Roseana ainda vai ser julgada"
O deputado Marcelo Tavares (PSB) anunciou na sessão desta terça-feira (3), da Assembleia Legislativa, que vai discutir os contratos e convênios firmados no mandato anterior de Roseana Sarney, quando sucedeu Jackson Lago, mais especificamente do ano das eleições, 2010.

Segundo Marcelo, o que foi feito no ano passado, quando das eleições, é o que se pode denominar de abuso. “Abuso foi o que Roseana cometeu e ainda vai ser julgada”, lembrou o líder da oposição ao deputado Magno Bacelar (PV), vice-líder do governo.

O líder da oposição exortou seus pares a discutir, com responsabilidade, contrato por contrato, o governo de Roseana. “Essa é a nossa função e proponho esse debate. Vamos checar todas as informações no Portal da Transparência”, esclareceu.

Marcelo Tavares citou como exemplo do que ele considera um dos escândalos do governo Roseana o convênio firmado com a Prefeitura de Chapadinha, quando das eleições do ano passado, que confessou não saber se o recurso foi todo repassado ou não, mas que verificaria no Portal da Transparência.

De acordo com o líder da oposição, o debate sobre os contratos do governo do Estado revelará, com certeza, um escândalo atrás do outro. “Proponho ao vice-líder do governo, deputado Magno Bacelar, esse debate”, desafiou Marcelo Tavares.

Por Ribamar Santana
Agência Assembleia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EXCLUSIVO Márlon Reis diz que Senado é “opção possível”

Márlon Reis, ex-juiz, um dos criadores da Lei da Ficha Limpa (Foto: Carlos Gaby) Em entrevista exclusiva ao blogue, o advogado e ex...