Secretário Roberto Alencar é solto pela PF

Roberto Alencar enfrentou problemas de saúde na prisão
A Polícia Federal liberou neste domingo 15  seis dos dez presos acusados de participar de desvio de dinheiro federal nas áreas de saúde, educação e infraestrutura no município de São João do Paraíso.

Entre os presos liberados, está o secretário de Infraestrutura do município de Imperatriz, Roberto Alencar. O prefeito de São João do Paraíso, Raimundo Galdino Leite, o “Boca Quente”, continua preso na delegacia da Polícia Federal juntamente com outras três pessoas, ligadas a administração do município.

Segundo a Polícia Federal, o prefeito é acusado de liderar uma quadrilha que desviou R$ 5 milhões e 740 mil dos cofres da prefeitura em um período de dois anos num esquema que envolvia agiotagem.

Durante a operação Usura, deflagrada no dia 9, a Polícia Federal, em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU) e Ministério Público Estadual, foram cumpridos seis mandados de prisão temporária de cinco dias. O prefeito Raimundo Galdino se entregou aumentando para sete o número de prisões.

Neste inicio de semana, a Polícia confirmou que, na verdade, foram presas dez pessoas, entre os quais, o prefeito Raimundo Galdino, José Lenizar, Edna Vale Cerqueira e Antonio Almeida Gonçalves, que continuam detidos.

O secretário de infraestrutura de Imperatriz, Roberto Alencar passou mal no último sábado, e foi levado para o hospital São Rafael. Ele foi solto, ontem, (15) juntamente com outras cinco pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EXCLUSIVO Márlon Reis diz que Senado é “opção possível”

Márlon Reis, ex-juiz, um dos criadores da Lei da Ficha Limpa (Foto: Carlos Gaby) Em entrevista exclusiva ao blogue, o advogado e ex...