Assis Ramos vai ao ataque em eleição na Câmara

O prefeito eleito Assis Ramos está pedindo abertamente voto para seu candidato à presidência da Câmara de Vereadores, Fábio Hernandez (PSC), contrariando maioria dos caciques do PMDB.
Hoje (23), segundo um vereador eleito que apóia Fábio, Assis oferece almoço ao grupo de oposição ao atual presidente José Carlos Soares (PV), candidato à reeleição.
Assis Ramos atua também no varejo com sua tropa de choque, tentando cooptar os ainda supostamente indecisos.  
Dizem que já contam nove votos e irão virar a eleição semana que vem.   
José Carlos dá de ombros. Afirma que segue firme com 13 votos fechados e ganha a eleição.

Raiva muda
Experiente advogado, ex-parlamentar, integrante do PMDB, passou pito no prefeito eleito por conta da movimentação deste na eleição para a presidência da Câmara.
Esbravejou que Assis Ramos está seguindo “maus conselheiros”.

Burocracia política
A prefeitura demorou seis meses para despachar um documento declinando de sua competência para avaliar o projeto de controle ambiental da obra de reurbanização da Beira-Rio. Atraso de pelo menos cinco meses na obra, reclamam técnicos da Secretaria de Estado da Infraestrutura.
Lavando as mãos após tanto tempo, a Secretaria de Meio Ambiente do Município transferiu a competência para a Secretaria Estadual de Meio Ambiente, que deve emitir a licença ambiental até o início da próxima semana. A obra segue com Alvará de Construção e um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público.   

Passando a bomba
Adversários denunciam que a prefeita de Amarante, Adriana Ribeiro, supostamente orientada pelo marido Gildásio Ribeiro, estaria chamando aprovados de um concurso em 2014, cerca de 400 no total, em clara tentativa de inviabilizar a próxima administração.   
O promotor de justiça Eduardo Lopes expediu ofício no último dia 14 recomendando à prefeita a não homologar e nomear em decorrência de liminar vigente, até o trânsito em julgado. O juiz da comarca está de férias.  

Entrave
Por falta de quórum, a Assembleia Legislativa não votou, na sessão desta quinta-feira (22), o Projeto de Lei de autoria do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, que dispõe sobre o reajuste da remuneração dos cargos efetivos da carreira de especialistas do TCE/MA.

Marque aí
O calendário de feriados (incluindo datas nacionais) e pontos facultativos no Maranhão em 2017 será de 18 dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A criação da Comenda Frei Manoel Procópio

Maior honraria concedia pelo Município de Imperatriz, a Comenda Frei Manoel Procópio leva o nome do missionário, considerado o fundador...