Roseana-Madeira vs Lobão-Ildon


Imperatriz pode ser palco desse embate ano que vem e em 2014. Tudo caminha para isso. E o caminho está sendo desenhado pelo Palácio dos Leões.

Madeira conta com o apoio de Roseana pra sair do buraco, literalmente. Tem seis meses apenas para trabalhar nos bairros, e sem o calço financeiro dos Leões pouco pode fazer para permanecer na disputa com chances de vencer. Roseana cumprirá sua parte no acordo? As apostas não indicam ainda uma tendência. Caos positivo, Madeira pode quebrar o tabu procopiano e se reeleger ao Palácio Renato Moreira. Caso contrário...

Ildon é aliado de primeira de lobão e adversário preferencial de Madeira. Ildon não tem a simpatia da governadora para disputar mais uma vez a Prefeitura de Imperatriz. Mas ele tem voto, liderança, capacidade de mobilizar recursos e, agora, um sustentáculo poderoso: um grupo de mídia com tv, jornal e, possivelmente, rádio, além de um projeto de arregimentar seguidores nas redes sociais da internet. 

Ponto importante esse: nunca, plagiando o Lula, na história de Imperatriz, as eleições municipal e estadual terá um fenômeno de mídia tão forte como em 2012 e 2014.

Joga-se amanhã pensando em depois de amanhã.

Roseana quer emplacar Luis Fernando, seu todo-poderoso secretário da casa Civil, como candidato do grupão à sua sucessão. Lobão, campeão de votos no último pleito, ministro de Dilma, já avisou: não abre mão de sua condição de candidato.

Aí estão formados os pares. Pelo menos por enquanto.
Terceira via – Mas duas situações (município e estado) todas as conjuminâncias, acordos, alianças, coalizões e coligações, podem dar com os burros n´água.

Se o processo não for bem conduzido, Imperatriz pode repetir 2000, quando Ildon (então prefeito) e Madeira, preferido da oposição conservadora, se engalfinharam numa disputa carcará e Jomar Fernandes, do PT, agasalhou com sabor a eleição que lhe caiu no colo, assim, de graça.

Ao governo do estado, pode ocorrer o mesmo. Flávio Dino, no pleito passado, por pouco na estraga a festa de Roseana. Se chegasse ao 2º turno, já era. Continua fortíssimo candidato. Pode ser a opção para quem não queira mais continuidade.

Lobão, entretanto, tem uma carta na manga: indicar Ildon como seu vice e fechar com o sudoeste e o sul do Estado onde estão grandes colégios eleitorais.

Roseana, claro, é a chave da disputa: tudo vai depender de seu desempenho administrativo, das alianças pelas quais optar e o grau de mudança que fará em suas atitudes políticas, tanto em relação aos aliados quanto aos advversários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CONCURSO: 100 mil disputam vagas na PM/MA

Cerca de 100 mil candidatos disputam 1.214 vagas nas carreiras de soldado e tenente, com exigência de níveis médio e superior, no concurs...