Deputado é contra aumento de reservas indígenas em Amarante


O deputado Hélio Soares (PP), em visita feita semana passada ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, em Brasília, recebeu a garantia de que as terras indígenas pertencentes ao município de Amarante do Maranhão não serão demarcadas para 75,7%, como defendem as ONGs ligadas ao Iterma e ao Incra. “A demarcação de terras indígenas no município de Amarante do Maranhão elevando para 75,7% , não vai prosperar”, afirmou o ministro.

Hélio Soares disse não ser contrário ao território indígena, mas também não apóia a iniciativa de algumas ONGs que, associadas ao Iterma e ao Incra, estão desenvolvendo ações no sentido de elevar a demarcação do território indígena de Amarante do Maranhão.

Hélio disse que caso a área seja elevada, causará sérios prejuízos aos moradores daquela cidade. Ele já usou a tribuna da Assembleia Legislativa algumas vezes no sentido de sensibilizar os seus colegas de plenário para que não ocorra essa demarcação. Na ida a Brasília, Hélio Soares, ciceroneado pelo deputado Chiquinho Escórcio, também recebeu o apoio do presidente do Senado, José Sarney, e do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. (Matéria distribuída pelo gabinete do deputado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EXCLUSIVO Márlon Reis diz que Senado é “opção possível”

Márlon Reis, ex-juiz, um dos criadores da Lei da Ficha Limpa (Foto: Carlos Gaby) Em entrevista exclusiva ao blogue, o advogado e ex...