Polícia Federal investigará falsificação de certidão do TSE

Os advogados da coligação “Todos pelo Maranhão”, em defesa de Flávio Dino, já acionaram a Polícia Federal para identificar a origem de uma falsa certidão que circula nas redes sociais sobre a candidatura.

A dois dias da eleição, uma onda de boataria criada a partir de declarações do candidato Edinho Lobão passou a circular nas redes sociais. Entre elas, uma imagem que simula uma certidão do Tribunal Superior Eleitoral e que possui graves erros de português.

O crime é de falsificação de documentos públicos, previsto no Código Penal no art. 297. A pena para esse crime é de prisão de 2 a 6 anos e multa. A Polícia Federal já foi acionada e deve averiguar a origem da falsificação do documento.
A candidatura de Flávio Dino está deferida e apta, de acordo com o sistema do Tribunal Superior Eleitoral .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ausência de vereadores: Câmara entra em recesso sem votar Orçamento

Mesa Diretora para o biênio 2019/2020 eleita na sessão desta quinta (14)  A Câmara Municipal de Imperatriz entrou oficialmente em reces...