Anulada eleição para a reitoria da Uema


SÃO LUÍS – Foi anulada, pelo Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), a eleição para a formação da lista tríplice para a escolha do reitor da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), realizada em 2010. A decisão foi do desembargador Raimundo Melo. Ele deferiu, liminarmente, um mandado de segurança que questiona a possibilidade do atual reitor, José Augusto Silva Oliveira, de concorrer ao cargo, visto que ele já ocupou, seguidamente, duas vezes o cargo.

Na decisão, Raimundo Melo defere o pedido, com base nos dois mandados anteriores exercidos pelo atual reitor. Para o desembargador, por José Augusto Oliveira ter assumido os dois mandatos autorizados pela lei, ele fica impedido de se candidatar a uma reeleição, de acordo com a legislação da Uema.

“Com o fim do segundo mandato, o atual reitor tornou-se impedido de concorrer às ditas eleições. O fato de ele ter participado e ter sido escolhido para o cargo, tornou-a nula, pelo que, deve ser reconhecido e assegurado”, declarou o magistrado.

Desta forma, fica anulado o termo de nomeação do reitor José Augusto Oliveira e do vice-reitor, Gustavo Pereira da Costa. Raimundo Melo determina, ainda, a nomeação de um reitor interino e, no prazo de 45 dias, a realização de uma nova eleição da mesa-diretora da Uema.

Como se trata de uma liminar, ainda cabe recurso às partes. A decisão, porém, deve ser cumprida em 48 horas.

O Imirante tentou contato com a Assessoria de Comunicação da Uema, mas não teve retorno até o momento.
(imirante.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CASO NENZIN - Roseana e Sarney Filho se calam após a prisão de Júnior

Roseana faz campanha para Júnior (camisa e boné verde); ele, segundo a Polícia, é o mandante da morte do próprio pai, o ex-prefeito Nenzin...