Quadrilha assaltava bancos e roubava cargas

Uma quadrilha especializada em roubo de cargas e assaltos a agências bancárias e a Correios no interior do Maranhão foi apresentada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), no fim da tarde desta segunda-feira, (24), no prédio do órgão. Os ladrões foram detidos em Barra do Corda, na madrugada do sábado (22), em uma barreira montada pela Polícia Militar para interceptá-los.

Os integrantes do bando preso são: Jeovah Barbosa Lira, 43 anos, que responde por homicídio em Porto Franco e assalto a cargas; Raimundo Ferreira Barros, o “Neto de Davinópolis", 45 anos, preso várias vezes por assalto a bancos e cargas no Maranhão e no Pará; Sebastião Fernandes de Oliveira, 35 anos conhecido como “Teó”, que responde pelo crime de assalto a uma joalheria no estado do Piauí; e Daniel Coelho Pinto, de 45 anos.

De acordo com o secretário adjunto de Inteligência e Assuntos Estratégicos, Laércio Costa, existe a possibilidade de haver outros envolvidos no bando. “As investigações vão continuar intensificadas em todo o estado. Serão armadas barreiras policiais nos trechos de maiores incidências criminais das rodovias”, enfatizou.

A prisão foi possível graças ao trabalho unificado dos Serviços de Inteligência da Secretaria de Segurança e das Polícias Civil e Militar. “Com esse envolvimento direto entre os órgãos, estamos cada vez mais proporcionando resultados positivos à população”, assinalou o delegado geral Nordman Ribeiro.

Prisão - Na madrugada do último sábado, (22), as polícias Militar e Civil começaram a monitorar o grupo, após informações da Secretaria Adjunta de Inteligência da SSP, que informou sobre o roubo de uma carga de cigarros, ocorrida na noite da sexta-feira (21), por volta das 19h.

As informações davam conta de que o bando estava num caminhão MB Toco “bicudo”,”de cor branca, placa vermelha de Goiás em frente ao Hotel Brasil. O delito foi cometido por dois homens em um veículo Corsa Hatch, placa HPS 0211, cor verde ou chumbo escuro, que dava cobertura aos bandidos. Segundo informações, teriam participado do assalto Jeovah e Raifran, filho de Raimundo Barros, em conjunto com outros comparsas.

O produto do roubo seria levado para uma fazenda pertencente a Raimundo Ferreira Barros, conhecido como “Neto de Davinópolis”” e apontado como um dos líderes do bando. A carga com 45 caixas de cigarros foi recuperada. Todo o material estava num fundo falso do caminhão carregado de peixe.

Na fazenda, os policiais encontraram parte de uma carga de cigarros, fumos Trevo, isqueiros, entre outros materiais, que tinham sido roubados em outro delito. Foram encontrados ainda, de posse do bando, duas escopetas calibre 12, duas pistolas 380, dois revólveres calibre 38, uma pistola 9mm, 2 coletes balísticos, 2 fuzis, espingardas e 104 munições de vários calibres.

O superintendente da Polícia Civil, Jair Lima de Paiva, acrescentou que as buscas seguirão no intuito de capturar possíveis envolvidos que estejam foragidos e toda a rede de receptadores bem como levantar a participação destes em outros assaltos no interior do Maranhão e também em outros estados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Secretário Clayton Noleto recebe produtores de grãos da região de Balsas

O secretário de Infraestrutura do Maranhão, Clayton Noleto, recebeu em audiência nesta quarta-feira (11), representantes dos produtor...