Flávio Dino: "Devemos pensar grande"

Leia íntegra do artigo do presidente da Embratur:
 
 
A ÉTICA DO TRABALHO EM FAVOR DO MARANHÃO

Não estou entre aqueles insensatos que comemoram o fato de o Maranhão ter deixado de ser o último para ser o penúltimo Estado no tocante ao Produto Interno Bruto per capita (riqueza por pessoa). Isso porque ultrapassamos o Piauí em 17 reais por ano...

 
Devemos pensar grande e lutar por um destino melhor.

 
Para melhorar a situação do povo, TRÊS PASSOS são indispensáveis:

1º passo - Deixar de lado a propaganda e enxergar a realidade como ela é: temos os piores indicadores sociais do Brasil e precisamos TRABALHAR com seriedade para superar esse quadro.

 
2º passo - TRABALHAR para eliminar a corrupção que suga bilhões de reais do orçamento estadual, sem resultados relevantes. As obras e benefícios existentes no Maranhão normalmente são oriundos de recursos federais ou são investimentos privados.

 
3º passo - Acabar com a praga dos privilégios ilegais e imorais ao grupo no poder. Não há Estado que aguente sustentar tantas pessoas sem trabalhar, protegidos apenas por possuírem determinados sobrenomes.

 
Tive a oportunidade de exercer cargos nos 3 Poderes em nível nacional: juiz federal, deputado federal e presidente da EMBRATUR, do governo federal.

 
Consegui isso estudando e trabalhando muito, por isso valorizo a ÉTICA DO TRABALHO, que deve estar no centro de um esforço sincero para que o Maranhão deixe de estar em penúltimo lugar, 17 reais à frente do Piauí.

 
Exatamente por acreditar no estudo e no trabalho, que luto - desde os 15 anos de idade - para que todos tenham IGUALDADE DE OPORTUNIDADES.

 
Só com muito TRABALHO, e não com propagandas vazias e gritos fascistas, vamos conseguir dias melhores para o Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Audiência pública debaterá tarifas cobradas pela Cemar

Presidente da Câmara, José Carlos Soares, criticou durante a Cemar (Foto: Fábio Barbosa/Assimp) A Companhia Energética do Maranhão ...