São Luís sob cerco das forças de segurança



A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP) divulgou nota no final da noite deste sábado 9 confirmando a morte do soldado Francinaldo Sousa Pereira durante ataque de criminosos a um trailler da Polícia Militar.

A SSP também confirmou que outro policial militar, o sargento Marco Antonio Correa Cutrim, foi ferido em outro ataque dos bandidos a ou tro trailler da PM.

As forças de segurança do Estado cercaram a ilha de São Luís - estão sendo apoiadas por um helicóptero do Grupo Tático Aéreo (GTA) - à caça dos criminosos.

Segundo a imprensa de São Luís, os bandidos, ligados a facções criminosas, também incendiaram ônibus para causar pânico e terror na população e confundir as forças de segurança. As ações seriam retaliações à morte de dois bandidos integrantes do crime organizado em confronto com a Polícia, na noite de sexta-feira.

Leia a íntegra da nota da SSP:

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) informa que o Serviço de Inteligência, com apoio de homens do Batalhão de Choque e do helicóptero do Grupo Tático Aéreo – GTA, que está sobrevoando áreas de São Luís, está à procura dos envolvidos na morte do soldado Francinaldo Sousa Pereira, durante ataque, neste sábado (9), a um trailler da polícia, na Vila Nova.

A ação da SSP busca identificar, ainda, criminosos, que também num ataque a outro trailler da polícia, balearam o sargento Marco Antonio Correa Cutrim e uma moradora no Bairro de Fátima. Ambos foram levados para o Centro Cirúrgico do Socorrão I.

Um comentário:

  1. Bom dia.Fiquei preocupada agora....Bairro de Fatima (São Luis), justamente onde devo estar amanhã dia 12/11 para aquisição de edital.Foi bom saber.

    ResponderExcluir

Câmara Municipal pode abrir CPI para investigar Saúde

Vereador Ricardo Seidel, autor de denúncias sobre supostas irregularidades na Secretaria de Saúde do Município  Texto: Carlos Gaby/Assim...