Governo só lamenta greve de PM`s e Bombeiros

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Segurança Pública (SSP), informa que montou um plano de atuação que deverá ser colocado em prática já nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (8), data em que está prevista a paralisação dos policiais militares e bombeiros. O objetivo é garantir segurança da população e manter a ordem em todo o Estado, uma vez que a sociedade não pode ser penalizada pelo movimento.

Reitera que sempre manteve aberto um canal de negociação para discutir e analisar a pauta de solicitações de melhorias para as categoriais de militares.

Prova disso, foi a reunião realizada na tarde desta segunda-feira, (7), no Palácio Henrique de La Rocque, com a presença do governador em exercício, Washington Luiz Oliveira, dos secretários de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes; de Planejamento, Orçamento e Gestão, Fábio Gondim; dos comandantes da Polícia Militar, coronel Franklim Pacheco, e do Corpo de Bombeiros, coronel Marcos Paiva, além de presidentes de associações representantes das categorias policiais militares e bombeiros. 

No encontro, foi acertado prazo até dia 28 de novembro para que a Seplan apresentasse a conclusão de um estudo que prevê vários benefícios aos servidores, incluindo militares, entre eles a aplicabilidade do escalonamento vertical, paridade, reajuste e reposição de perdas salariais.

O Governo lamenta que as categorias tenham declinado, em assembléia, pelo movimento de paralisação.

Ressalta ainda que desde o início das conversações da Secretaria de Segurança com os militares, vários pontos pleiteados já foram atendidos, como o aumento do valor do ticket alimentação, passando de R$ 130,00 para R$ 250,00; reduçao do tempo necessário para promoção; melhorias da infraestrutura e das condições de trabalho em todo o estado; regularização e moralização das promoções por bravura; compra da segunda folga, entre outros.

NOTA DO BLOG: O texto acima é reprodução da Nota Oficial divulgada pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão.

Um comentário:

  1. Sd PM -- Tudo mentira! Rapá eu fico indignada! Estive na assembléia na FETIEMA e o que aconteceu foi o seguinte: duas associações ilegítimas que na verdade não representavam o nosso movimento foram por trás e aceitaram esperar pelo governo até o dia 28, e nós - que comparecemos a reuniões da ASSEPMMA, junto ao cel Ivaldo, não aceitamos esses mais esse prazo do dia 28, pois desde fevereiro vemos aceitando prazos. Então em assembléis geral com as associações que legitimamente nos representam (a maioria) decidimoa não aceitar e agora o geverno agindo de má quer distorcer a história querendo dizer que não cumprimos acordo. Na verdade, nós não firmamos acordo nenhum pra voltar atrás! E o goevrno se aproveitando e usando de má fé, mentindo tenta conversar as pessoas que somo irresponsávei. Irresponsáveis são eles que permitiram chegar a essa situação: nós não queríamos parar mas fomos obrigados pelo governo que não atendeu as inúmeras tentativas com prazos pra negociação obrigando a gente parar. Quem parou não fomos nós e sim o governo quando não nos concedeus as devidas condições de trabalho e as perdas salariais. SD PM

    ResponderExcluir

Vereadores participam de instalação do CTA de Imperatriz

Os vereadores de Imperatriz participaram na manhã desta terça-feira (19) da solenidade de implantação da nova base do Centro Tático Aé...