PF faz operação no MA contra tráfico internacional de drogas

A PF (Polícia Federal) deflagrou nesta sexta-feira uma operação para combater o tráfico internacional e interestadual de drogas, com foco em Mato Grosso e em outros dez Estados.

A operação, que recebeu o nome de Mahyah, tem como objetivo cumprir 49 mandados de prisão preventiva. Estão sendo cumpridos também inúmeros mandados de busca e apreensão em 39 localidades, espalhadas em dez Estados (Goiás, Tocantins, Pará, Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Maranhão, Alagoas, Rio Grande do Norte e Piauí)

Só em Mato Grosso, segundo nota da Polícia Federal, serão cumpridos 28 mandados de prisão e 32 mandados de busca e apreensão nas cidades de Cáceres, Porto Esperidião, Cuiabá, Várzea Grande, Barra do Garças, Mirassol D'Oeste, Lambari D'Oeste, Glória D'Oeste, Curvelândia, Araputanga e São José dos Quatro Marcos.

As investigações sobre o suposto esquema começaram em janeiro passado, a partir de um suspeito que morava no município de Porto Esperidião (MT), mas que tinha contatos em Minas Gerais. Desde o início da apuração, foram presas em flagrante 18 pessoas e apreendidos 230,5 quilos de pasta base de cocaína.

Os suspeitos são investigados pelos crimes de tráfico interestadual de drogas e associação para o tráfico.

Alguns dos investigados, segundo a PF, já estão presos e receberão novo mandados de prisão. O nome dos investigados não foram divulgados.

Todos os mandados de prisão e de busca e apreensão foram expedidos pela Justiça Federal de Porto Esperidião.

O nome da operação --Mahyah-- significa "máfia" em dialeto da Sicília e "audacioso", em árabe.  

Folha.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clã Sarney e o ‘Bloco Sanatório Geral’

Os temas se cruzam com extrema coincidência que pensamos (ou temos certeza) que ainda estamos no auge do coronelismo político no Maranhão...