Lançada campanha de vacinação contra febre aftosa


Foi lançada oficialmente nesta quinta-feira (10), em Imperatriz, a segunda etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa, que acontecerá em todo o Maranhão no período de 14 de novembro a 14 de dezembro. O lançamento, que contou com a presença do secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), Cláudio Azevedo, aconteceu no Parque de Exposições, onde todos os anos é realizada a Expoimp.

Neste sábado (12), a Sagrima e a Agência de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged) lançam oficialmente a campanha no município de Bacabal, na Fazenda Novo Paraíso. Também estão previstos lançamentos em Balsas (sexta, 18 de novembro) e São João dos Patos (sábado, 19 de novembro).

Além do secretário Cláudio Azevedo, que estava representando a governadora Roseana Sarney, também participaram do lançamento da campanha em Imperatriz, o superintendente Federal da Agricultura no Maranhão, Antônio José dos Santos; o secretário adjunto da Sagrima e vice presidente da Federação da Agricultura do Maranhão (Faema), Raimundo Coelho de Sousa; o diretor-geral da Aged, Fernando Lima,; o secretário municipal de Agricultura, Abastecimento e Produção de Imperatriz, José Fernandes Dantas; o presidente do Sindicato Rural de Imperatriz, Karlo Marques; o presidente do Fundo de Desenvolvimento da Pecuária do Maranhão (Fundepec), Osvaldo Serra; além de produtores, empresários rurais, lideranças políticas e comunitárias.

Em seu discurso, Cláudio Azevedo afirmou que Imperatriz foi escolhida para sediar o lançamento oficial da campanha por representar a Região Tocantina, que concentra boa parte do rebanho maranhense, que é de 7,2 milhões de bovinos e bubalinos, o segundo maior rebanho bovino do Nordeste e o terceiro maior de búfalos do Brasil.

O rebanho da Região Tocantina é caracterizado pela pecuária de corte e leite. Estão cadastradas pela Aged 963.847 cabeças de gado, 9.604 propriedades e 10.321 criadores. Somente no município de Imperatriz existem 88.513 cabeças de bovinos e bubalinos, 508 propriedades e 523 criadores.

Cláudio Azevedo explicou para os criadores da região o motivo na alteração do calendário de vacinação, que nos anos anteriores ocorria no período de 1º a 30 de novembro. “A mudança foi necessária porque, a partir do dia 14 de fevereiro, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento vai realizar a sorologia em aproximadamente 300 propriedades maranhenses, objetivando comprovar a ausência de circulação do vírus da aftosa no estado para que o Maranhão avance na classificação sanitária de zona livre de aftosa, em meados de maio de 2012”, esclareceu.

O diretor geral da Aged, Fernando Lima alertou que e realização da sorologia não permitirá nenhuma prorrogação no prazo de vacinação e comprovação da campanha. “A sorologia tem que ocorrer 60 dias após a campanha, então o criador deve contribuir e vacinar o seu gado até o dia 14 de dezembro para colaborar com as ações do governo estadual na erradicação da doença”, ressaltou Fernando Lima.

Nesta segunda etapa da campanha, a meta é superar o índice de cobertura vacinal da primeira etapa, que foi de 96,59%, o maior dos últimos 10 anos. “A equipe da Aged é muito capacitada para desempenhar o seu trabalho e é importante essa gestão compartilhada entre o governo estadual e o Fundepec, que vêm aumentando nos últimos meses a arrecadação feita pelos criadores, por meio da Guia de Trânsito Animal, o que é uma prova de que o setor pecuário acredita no trabalho da Aged e da Sagrima”, elogiou o superintendente federal, Antônio José dos Santos.   

As ações da Aged ganharam também um reforço com a assinatura de convênio entre o governo do Maranhão e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que repassou para a agência agropecuária R$ 6,5 milhões, que estão sendo investidos na reestruturação dos escritórios regionais, na renovação da frota de veículos e na aquisição de equipamentos para informatização do banco de dados do órgão.

Texto e foto: Vitória Castro/Sagrima


Nenhum comentário:

Postar um comentário

CASO NENZIN - Roseana e Sarney Filho se calam após a prisão de Júnior

Roseana faz campanha para Júnior (camisa e boné verde); ele, segundo a Polícia, é o mandante da morte do próprio pai, o ex-prefeito Nenzin...