Morre o desembargador José Filgueiras

Faleceu nesta quinta-feira (3), aos 83 anos, de falência múltipla de órgãos, o desembargador aposentado José Joaquim Ramos Filgueiras. O velório será realizado na Pax União da Rua Grande, a partir das 13h30. O magistrado deixa cinco filhos e a viúva, Magnólia Fontoura.

Natural de São Luís, o magistrado foi jornalista, orador, poeta, escritor, professor da Faculdade de Administração da UEMA, promotor de Justiça, e presidente da Associação dos Magistrados do Maranhão(AMMA) em dois mandatos. Como juiz de Direito, atuou nas comarcas de Grajaú, Cururupu, Bacabal, Pedreiras e São Luís.

Foi vice-presidente do Tribunal de Justiça – empossado em 1980 – e presidente no biênio 1986-1987, em substituição ao desembargador Alcebíades Vieira Chaves. Além de um intelectual, era considerado um empreendedor, diligente e de caráter impoluto.

Publicou o livro “Caminhantes” (Sioge 1986). Tem inéditos mais três livros de cunho poético. Ocupava a Cadeira de Nº 23 da Academia Maranhense de Letras. (Assessoria do TJ/MA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CASO NENZIN - Roseana e Sarney Filho se calam após a prisão de Júnior

Roseana faz campanha para Júnior (camisa e boné verde); ele, segundo a Polícia, é o mandante da morte do próprio pai, o ex-prefeito Nenzin...