Aliado de Sarkozy, Lula defende que França eleja mulher presidente

Lula: vida de ex é melhor


BERNARDO MELLO FRANCO
Folha.com

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse à secretária-geral do Partido Socialista francês, Martine Aubry, que gostaria de ver uma mulher na Presidência da França.

A conversa foi relatada pela francesa após tomar café-da-manhã com ele nesta segunda-feira num hotel em Dacar, onde os dois participam do Fórum Social Mundial.

O incentivo de Lula pode gerar constrangimento no presidente Nicolas Sarkozy, que pretende concorrer à reeleição em 2012 e foi um de seus principais aliados no campo internacional.

Dos três políticos apontados como pré-candidatos da oposição, duas são mulheres: a própria Aubry e a colega de partido Ségolène Royal. Uma delas pode enfrentar Sarkozy, da conservadora União por um Movimento Popular.

Segundo Aubry, Lula fez o comentário ao comentar a eleição da presidente Dilma Rousseff. Ele teria dito que "seria bom" se a próxima presidente francesa também fosse uma mulher.

Lula se aproximou de Sarkozy com o objetivo de obter apoio da França à entrada do Brasil no Conselho de Segurança da ONU. Em troca, ele se comprometeu a renovar a frota de caças da Aeronáutica com aeronaves da fabricante francesa Rafale. Dilma, no entanto, interrompeu a licitação em janeiro.

O ex-presidente brasileiro e Aubry conversaram durante cerca de 40 minutos, acompanhados de poucos assessores. O ex-presidente elogiou o próprio desempenho diante a crise financeira iniciada em 2008.

"Ele lembrou que foi à TV para dizer às pessoas que consumissem. Compreendeu que isso era necessário para tirar o país da crise", disse a francesa.

Outros temas foram o G-20, a diplomacia Sul-Sul e a atuação do futuro Instituto Lula, que deve promover ações pelo desenvolvimento da África.

"A África hoje começa a dar certo, o que a Europa tem dificuldade de entender. Outros países, como China, Índia e Brasil, já entenderam", afirmou Aubry.

VIDA DE EX

Recebido com honras de chefe de Estado em Dacar, Lula disse ao presidente do Senegal, Abdoulaye Wade, que a vida de ex é melhor.

O ex-presidente fez o comentário em visita ao palácio presidencial, após ouvir um elogio do colega à sua forma física.

"A vida de ex-presidente é melhor que a vida de presidente", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Câmara não descarta acionar MP para suspender pagamento de contas de energia elétrica em Imperatriz

A comissão de vereadores formada para encaminhar as proposições no relatório que será enviado a autoridades, órgãos e entidades locai...