INVASÃO DA PREFEITURA Para assessoria de Madeira foi ato “belicoso e antidemocrático” que causou “pânico e terror”

Em nota, a Assessoria de Comunicação do prefeito Sebastião Madeira classificou de “belicoso e antidemocrático” o ato dos professores ainda grevistas que na manhã desta quarta-feira 23 invadiram o prédio da Prefeitura de Imperatriz.

Na nota, afirma que a invasão causou pânico e terror aos servidores que trabalhavam no prédio e que a Prefeitura entrou na Justiça com um pedido de liminar para reintegração de posse do prédio.

Leia o teor da Nota:   

A Prefeitura de Imperatriz lamenta a invasão do prédio público, no qual se abriga grande parte de seus departamentos, fato ocorrido na manhã desta quarta-feira, 23 de Julho e condena o comportamento belicoso e antidemocrático dos líderes do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de Imperatriz- STEEI - por tal ato, que diante do triste episódio causou pânico e terror aos servidores que ali estavam na sua atividade laboral, já adotou as providências legais para desocupação do mencionado prédio. Para isso, ajuizou uma ação de reintegração de posse com pedido de liminar, cumulada com uma Ação de Interdito Proibitório.

Reconhece ainda, que o direito de manifestação é uma garantia do estado democrático e que o mencionado instituto não pode ser confundido com o crime de invasão de prédio público.

Imperatriz (MA) 23, de Julho, 2014
Assessoria de Comunicação Social


Foto: Internet/Coló Filho

Um comentário:

  1. Pânico é voce acordar de manhã cedo e não ter o dinheiro para comprar o pão para o seu filho tomar café, não ter dinheiro para alimentar, pagar suas contas e tudo isso, por causa de um prefeito ditador, arrogante, perseguidor e intragável que está ai junto com seus asseclas dilapidando o erário publico, inchando a folha de pagamento com seus apadrinhados e mentindo para a população dizendo que não tem dinheiro para dar aumento para os efetivos. Esse prefeitim de araque, é uma bomba que a família Sarney mandou para o lado do Flavio Dino, somente para prejudicar o mesmo.

    ResponderExcluir

Audiência pública debaterá tarifas cobradas pela Cemar

Presidente da Câmara, José Carlos Soares, criticou durante a Cemar (Foto: Fábio Barbosa/Assimp) A Companhia Energética do Maranhão ...