MEIO AMBIENTE Fórum discute coleta seletiva e atuação dos catadores

Ivanice Candido Almeida (seg. a dir.), presidente do Commam
A presidente do Conselho Municipal do Meio Ambiente (Commam), Ivanice Cândido Almeida, participou na semana passada da videoconferência “Fórum Lixo e Cidadania” realizada no auditório da Eletronorte, em Imperatriz. Participaram do evento representantes de nove estados da federação.
Segundo ela, o fórum discutiu ainda sobre a inclusão social e produtiva de catadores de materiais recicláveis em observância à Lei Federal nº 12.305/2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos e cria do Comitê Interministerial de Polícia Nacional e o Comitê Orientador para implantação dos sistemas de logísticas reversa.
“Nós debatemos a questão da coleta seletiva e a atuação dos catadores de resíduos sólidos”, disse ela, que considerou de suma importância o evento que servirá de instrumentos e diretrizes para a gestão e gerenciamento dos resíduos sólidos, bem como as responsabilidades dos geradores, do poder público, e dos consumidores.
Ela assinala que o evento foi ministrado pela coordenadora do Reciclanorte, Thais de Paiva Mello, acompanhada pela vice-presidente do Fórum “Lixo e Cidadania” no Maranhão, Valque Sousa. “Nós ouvirmos e assistimos os avanços nessa questão dos resíduos sólidos, da coleta seletiva e os avanços para os catadores”, contou.
Ivanice Cândido lembrou que existe um projeto em âmbito estadual para que se dê suporte aos catadores que trabalham em vários municípios do Estado do Maranhão. Essa ação, explica a presidente do Commam, está sendo desenvolvida pela Secretaria de Estado de Trabalho, cuja finalidade é obter um diagnóstico sobre todos os catadores do Maranhão.

Em setembro, diz ela, serão promovidas oficinas direcionadas aos catadores de materiais de resíduos sólidos, em Imperatriz. “A meta é capacitá-los e buscar a viabilização de recursos e uma forma melhor de trabalho”, finaliza. [Gil Carvalho – Ascom]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clã Sarney e o ‘Bloco Sanatório Geral’

Os temas se cruzam com extrema coincidência que pensamos (ou temos certeza) que ainda estamos no auge do coronelismo político no Maranhão...