PREVENÇÃO População ainda corre do teste que detecta hepatites virais

Em 28 de julho é comemorado o Dia Mundial de Luta Contra Hepatites Virais. A data tem como objetivo sensibilizar a sociedade para a prevenção deste agravo silencioso que atinge a população mundial. Em alusão a esta data, a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) de Imperatriz através do Programa Municipal DST/Aids e Hepatites Virais , está realizando entre os dias 28 de julho e 01 de agosto, a Campanha de Luta Contra as Hepatites Virais que segue com o tema: Hepatites B e C sem perceber você pode ter!
           
Na manhã de ontem (28), a equipe do Programa em parceria com alunos do Curso de enfermagem da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), realizaram um Pit Stop na Avenida Dorgival Pinheiro de Sousa entre as Ruas Pará e Amazonas, com distribuição de insumos de prevenção (preservativos masculinos e femininos) e panfletos informativos sobre Hepatites Virais. Cerca de 1.500,00 kits contendo folders, preservativos e squeezers personalizadas foram entregues aos motoristas e pedestres que passaram pelo local.
           
“Nosso objetivo maior é conscientizar a população quanto aos riscos de contaminação da doença, bem como despertá-los para a realização do teste rápido para detecção da doença, tendo em vista que se trata de uma patologia que pode passar de 10 a 30 anos sem se manifestar sintomas no indivíduo”, explica Lusivânia da Silva Sousa, coordenadora do Programa Municipal de Hepatites Virais.   Ela alerta também que é necessário o cuidado redobrado quanto às formas de transmissão das hepatites, pois o vírus causador da doença pode durar até 48h fora do organismo vivo.
           
De acordo com a coordenadora, a Hepatite B pode ser transmitida por meio de relação sexual desprotegida, transfusão de sangue, compartilhamento de seringas e materiais perfuro cortantes. “Vale ressaltar que a Hepatite C não é considerada uma DST e, portanto não é transmitida via relação sexual, somente por meio do sangue contaminado. Mas temos que estar constantemente em alerta, pois a doença age de forma silenciosa. O ideal é fazermos o teste anualmente”, afirma.
           
De terça a sexta, das 14h às 17h a SEMUS disponibiliza gratuitamente a realização dos testes no Complexo de Saúde do Parque Anhanguera. Em casos de resultados positivos, o paciente já é encaminhado ao médico e ao psicólogo que dão seguimento ao tratamento no Programa Hepatites Virais que também funciona no prédio do Complexo de Saúde. Segundo Lusivânia existem aproximadamente 100 pacientes em tratamento, que são acompanhados em todo o processo de realização de exames, consultas e administração dos medicamentos.
Programação completa das atividades:
- Dia 28/07 – 08h às 10h Pit Stop na Avenida Dorgival Pinheiro de Sousa entre as Ruas Pará e Amazonas, com distribuição de insumos de prevenção (preservativos masculinos e femininos) e panfletos informativos sobre Hepatites Virais.
- Dia 29/07 _ Teste-rápido no Projeto Renascer feminino;
- Dia 30/07 _ Teste-rápido no Projeto Renascer masculino;
- Dia 31/07 _ Teste-rápido no Complexo de Saúde Parque Anhanguera das 14h às 17h
- Dia 01/08 _ Distribuição de insumos de prevenção (preservativos masculinos e femininos) e panfletos informativos sobre Hepatites Virais no Calçadão de Imperatriz.


Maria Almeida  - ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Câmara não descarta acionar MP para suspender pagamento de contas de energia elétrica em Imperatriz

A comissão de vereadores formada para encaminhar as proposições no relatório que será enviado a autoridades, órgãos e entidades locai...