Movimentos sociais apostam em união com Flávio para mudar os índices do Maranhão

O candidato da Coligação Todos Pelo Maranhão, Flávio Dino, reforçou hoje seu compromisso com os movimentos sociais, com quem firmou na noite de quinta-feira o “Pacto Por um IDH Justo”.

“Vamos mudar a política para transformar a vida das pessoas”, disse Flávio em referência à grande mobilização de ontem dos movimentos sociais.

Durante o evento que lotou o auditório do Hotel Rio Poty, representantes de dezenas de movimentos entregaram a Flávio o documento “Pacto por um IDH mais justo”, que traz propostas para elevar a qualidade de vida dos maranhenses. As lideranças sociais apostam que a mudanças nas práticas políticas são fundamentais para superação das desigualdades sociais do Estado.

Recepcionando o candidato Flávio Dino com a “Oração Latina”, representantes de movimentos sociais de 149 municípios maranhenses cantaram numa só voz e pediram ao candidato para ajudar a retirar o povo do Maranhão do nível de extrema pobreza.

O desafio de melhorar os indicadores sociais do Estado, segundo Chico Miguel, da FETAEMA, já foi abraçado por Flávio Dino, que apresentou 65 propostas para melhorar o Maranhão. “Precisamos libertar o Maranhão”, disse.

 “Somos 450 mil maranhenses que passam fome”, disse Rocha Rural, da Federação das Entidades Rurais do Maranhão, ao reforçar a defesa por mudança. “O Maranhão precisa ser conectado com os avanços sociais do país”, acrescentou a presidente nacional da UNE, Virgínia Barros.

Fim da invisibilidade

No evento, Flávio Dino se comprometeu com o documento entregue pelos movimentos sociais. “Nossa campanha será vitoriosa porque é conduzida pelo povo pobre, sem voz, sem vez, condenado à invisibilidade por tantos. Aqui estou como fruto dessa luta, como produto dessa luta e caminho com tranquilidade entre todas as entidades que aqui estão. Eu desde os 15 anos de idade participo das lutas sociais do meu Estado”, afirmou.

“Incorporo esse pacto, mas acima de tudo incorporo esse movimento. Incorporo a nossa luta, a nossa campanha. Quero fazer uma campanha bela, bonita, que mobilize esperanças, que desperte o brilho no olhar. Acreditem, depois da eleição de 5 de outubro o Maranhão não será o mesmo porque nós vamos colocar o povo no poder. Nós vamos transformar sonhos e esperanças em realidade. Acredito num governo de proximidade. Um político de verdade abraça e sente o abraço. Não acho normal a barbárie de uma minoria com tudo e uma maioria sem nada.”

Flávio ainda disse que este não foi o primeiro e nem será o último encontro com os movimentos sociais: “Garanto a vocês que temos um programa de governo, propostas e uma história de vida que estão a serviço do Maranhão”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Câmara aprova 6.29% de reajuste para a Educação

A Câmara Municipal aprovou nesta quinta-feira (25) projeto de reajuste salarial de 6.29% para os servidores da Educação e a isonomia ...