Defesa do bom uso do dinheiro público faz parte da trajetória de Flávio Dino

Além de ser um dos autores e um dos responsáveis pela aprovação da Lei da Ficha Limpa e ser premiado pelo combate à corrupção, Flávio Dino esteve à frente de várias outras ações em defesa da transparência durante seu mandato de deputado federal.
Numa dessas ações, ele pediu investigação sobre o uso de recursos públicos num projeto social no Maranhão, o Salangô. Era um megaprojeto de irrigação implantado pelo governo do Estado para beneficiar mais de 400 famílias.
Mas, em 2007, Flávio alertou que, embora quantias consideráveis de dinheiro tenham sido dirigidas ao projeto, a situação se mantinha preocupante: “O citado projeto até hoje não atingiu as suas finalidades, piorando as condições de vida de centenas de famílias de pequenos agricultores, às voltas com dívidas e desesperança”.
No ano passado, a TV Globo fez uma reportagem sobre o local e mostrou que o projeto foi abandonado, desperdiçando dinheiro público.
“O valor inicial do projeto era de R$ 70 milhões. As obras começaram no ano de 1996, mas o projeto Salangô nunca foi concluído, nunca funcionou como deveria e os sinais de desperdício de dinheiro público estão por todo lado”, disse a reportagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vereadores participam de instalação do CTA de Imperatriz

Os vereadores de Imperatriz participaram na manhã desta terça-feira (19) da solenidade de implantação da nova base do Centro Tático Aé...