Madeira tem medo de “mãozona” e “olhar de louco”

Madeira (1º à dir.) acompanha Flávio Dino e sua caravana em grandes eventos em Grajaú e Sítio Novo 
“Quando eu vi aquela mãozona, aquele olhar de louco, eu disse aqui eu não fico”. A fala do prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, no comício do candidato Flávio Dino, na noite desta quinta-feira, 7, em Sítio Novo, é o sentimento do povo do Maranhão.

Madeira disse que está sendo odiado pelas famílias Sarney e Lobão porque resolveu não apoiar Edinho Lobão, após saber que ele seria o substituto do então pretenso candidato do Palácio dos Leões, Luís Fernando (PMDB), a quem o prefeito empenhara o apoio para a eleição estadual.

“Eles estão me odiando porque resolvi apoiar Flávio Dino, que representa a vontade do povo do Maranhão”, reafirmou o prefeito.

Ele também acompanhou Flávio Dino na grande carreata de Grajaú, horas antes do comício em Sítio Novo. “Em Grajaú, nós vimos a expressão da vontade das pessoas durante duas horas percorrendo as ruas da cidade. O povo manifestando o seu apoio, assim como aqui em Sítio Novo”.
Segundo Madeira, o sentimento de mudança, de libertação, toma conta de todas as regiões do Estado. Em Imperatriz, declarou, a vitória de Flávio Dino será “de lapada”, o mesmo “que acontecerá no Maranhão”.
“Eu disse para o Flávio: ‘Lá em Imperatriz, Flávio, todas as pessoas, se não forem os cabos eleitorais do outro candidato, qualquer pessoa a que se perguntar em quem vai votar, a pessoa responde é no Flávio Dino’. Lá em Imperatriz a vitória vai ser de lapada, como vai ser em todo o Maranhão, porque o povo não aguenta mais, nós não aguentamos mais”, afirmou.

Perseguição

Madeira denunciou que os prefeitos do Maranhão estão sendo pressionados a apoiarem Edinho Lobão, ou perseguidos, como no caso dele, porque apoiam Flávio Dino.

“Eles dizem que têm duzentos prefeitos, como se prefeito fosse caroço de milho pra botar no bolso e dizer ‘eu tenho duzentos prefeitos’”, ironizou.

“Por isso, estão me odiando. Apoio Flávio Dino porque ele representa o sentimento de mudança, representa a vontade do povo”, enfatizou o prefeito.

"Não sou candidato. Estou aqui apenas como prefeito de Imperatriz. Estou passando o maior sufoco porque tomei essa decisão [de apoiar Flávio]. Mas não sou covarde. Tomaria essa decisão mil vezes porque só faço o que minha consciência manda, e minha consciência manda se juntar com o povo do Maranhão e eleger Flávio Dino", acrescentou. 

Madeira também pregou a renovação da bancada maranhense no Senado. Disse que apoia Roberto Rocha e tem certeza da vitória dele. “Lá tem três ocupando lugar, e nenhum deles honra o lugar que está ocupando”, criticou. 

Atualizada às 17h26

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A criação da Comenda Frei Manoel Procópio

Maior honraria concedia pelo Município de Imperatriz, a Comenda Frei Manoel Procópio leva o nome do missionário, considerado o fundador...