FLÁVIO EM DINO EM SÍTIO NOVO “Sou ficha limpa, posso andar de cabeça erguida”

Falando aos moradores de Sítio Novo (CLIQUE AQUI PARA VER AS IMAGENS), simpatizantes e apoiadores na noite de quinta-feira, 7, Flávio Dino pregou a união do povo do Maranhão para derrotar a mais antiga oligarquia do país e “mostrar ao Brasil que o Maranhão não é uma monarquia”.

Horas antes, o candidato e sua caravana de candidatos participaram de uma grande carreata em Grajaú. As duas cidades o receberam com carinho, alegria e esperança na mudança e na renovação.

Flávio Dino venceu a eleição para governador em Sítio Novo em 2010. No município, ele é apoiado por seis grupos políticos. Exceto pelo prefeito, que apoiou na eleição municipal de 2012 e pelo qual foi traído.

Porém, Flávio Dino pregou a união dos grupos políticos em torno do projeto de mudança abraçado pelo povo maranhense. “Pouco importa a eleição municipal de ontem. Vamos olhar para o futuro, independente de grupo político. Vamos nos unir em defesa do Maranhão”.

Segundo Flávio Dino, o grupo da oligarquia se vale das antigas práticas para intimidar o eleitorado, mas que ainda não se deu conta de que a mudança vem do voto popular e não do poder econômico ou político.

“Eles dizem que vão ganhar as eleições porque têm dinheiro, prefeitos e poder. Pois eles podem ficar com os prefeitos, com o dinheiro e com o poder, porque nós temos o povo, que é quem decide a eleição no nosso lado”, acrescentou.

Flávio Dino disse que o “Brasil precisa conhecer o Maranhão real”. “Hoje o Brasil só conhece o Maranhão da pobreza e da injustiça. Precisamos mudar essa imagem. E agora é a nossa oportunidade”.

Flávio reforçou seu compromisso com a mudança e a justiça social: “Quando nasci há 46 anos, Sarney governava o Maranhão. Ele cansou e passou o poder para a filha. Quando me formei em Direito e comecei a dar aulas, era o governador o hoje senador e ministro Lobão. Agora ele cansou e quer passar o poder para o filho. O Maranhão não é uma monarquia, onde o rei passa o poder para o filho. Será que no Maranhão só tem duas famílias que possam governar o Maranhão. Será que o Maranhão não tem independência, não tem liberdade? Vamos nos unir, vencer e mostrar que o Maranhão é outro, de igualdade, de justiça social, de todas as famílias”.    
  
No final do comício, Flávio Dino deixou sua mensagem ao povo de Sítio Novo e do Maranhão: “Sou ficha limpa, posso andar de cabeça erguida. Fui juiz por doze anos, fui presidente da Embratur, fui deputado federal, e nunca ninguém viu meu nome metido em falcatrua, em maracutaia, em coisa suja, em coisa feia. Por isso não tenho medo dos poderosos. Vou fazer um governo limpo, um governo justo, um governo honrado. Porque estas duas mãos nunca pegaram dinheiro público. A fonte de nossa coragem é a esperança de vocês. Vim entregar a minha campanha nas mãos de vocês. Estamos aqui plantando uma semente, mas quem vai cuidar dessa semente, quem vai regar essa planta, quem vai fazer florescer os frutos da liberdade e da dignidade são vocês. É assim que deixo essa semente no coração de todos. A semente da vitória, da união. Confiem em mim. Confiem em mim. Vocês não vão se arrepender, se envergonhar, porque juntos nós vamos fazer o melhor governo da história do Maranhão”.     



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Câmara aprova 6.29% de reajuste para a Educação

A Câmara Municipal aprovou nesta quinta-feira (25) projeto de reajuste salarial de 6.29% para os servidores da Educação e a isonomia ...