Juízes do Maranhão criticam uso de vídeo para fazer terrorismo eleitoral

Juiz Gervásio Santos
A Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA) divulgou nesta terça-feira (23) uma nota em que critica a “divulgação de calúnias ou notícias inverídicas” e “vídeos disseminando o terror e falsas acusações”.
A nota foi divulgada após a TV Difusora, do candidato Edinho Lobão, reproduzir um falso vídeo em que uma pessoa não identificada tenta acusar Flávio Dino de estar por trás de ataques no Maranhão. O vídeo, postado do Chile, surgiu nas redes ontem, por apoiadores de Edinho, poucas horas depois de o candidato afirmar na TV de Roseana que há uma “origem político-eleitoral” por trás da crise de Pedrinhas.
A AMMA diz que “assiste com preocupação a utilização para fins eleitorais dos recentes episódios de violência ocorridos em São Luís, com declarações, panfletos e vídeos disseminando o terror e falsas acusações”.
A associação que reúne juízes acrescenta que “a divulgação de calúnias ou notícias inverídicas não contribui com a democracia e nem tampouco solucionará os graves problemas do estado. Eleição não é um jogo de vale-tudo, portanto, os fins não podem justificar os meios”.
Leia abaixo a íntegra da nota da Associação dos Magistrados do Maranhão:
NOTA PÚBLICA
A Associação dos Magistrados do Maranhão – AMMA assiste com preocupação a utilização para fins eleitorais dos recentes episódios de violência ocorridos em São Luís, com declarações, panfletos e vídeos disseminando o terror e falsas acusações.
A eleição é o ápice do processo democrático e o período eleitoral é o momento oportuno para o debate de ideias e formulação de propostas, o que, no caso do Maranhão, implica necessariamente na discussão sobre formas de combater a violência urbana e a grave situação carcerária, temas diretamente ligados, e que têm se agravado ao longo dos últimos doze meses.
A divulgação de calúnias ou notícias inverídicas não contribui com a democracia e nem tampouco solucionará os graves problemas do estado. Eleição não é um jogo de vale-tudo, portanto, os fins não podem justificar os meios.
A AMMA, ciente que os Magistrados são agentes indispensáveis à transparência do processo eleitoral, reafirma a sua confiança no compromisso desses homens e mulheres, ao tempo em que exorta a todos com jurisdição eleitoral a se manterem vigilantes a fim de garantir que o pleito que se avizinha transcorra com serenidade e que, ao final, vença a democracia!
São Luís, 23 de setembro de 2014
JUIZ GERVÁSIO SANTOS
PRESIDENTE DA AMMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vereadores participam de instalação do CTA de Imperatriz

Os vereadores de Imperatriz participaram na manhã desta terça-feira (19) da solenidade de implantação da nova base do Centro Tático Aé...