PMDB JÁ ADMITE A DEMISSÃO DE LOBÃO

Assim como Guido Mantega (Fazenda), que já teve sua demissão confirmada em eventual segundo governo de Dilma, o ministro Edison Lobão (Minas e Energia) também entrou na lista negra da presidenta. No PMDB, lideranças admitem que será difícil o partido brigar para manter Lobão no cargo, caso venham a ser confirmados os rumores de sua participação no esquema bilionário de corrupção na Petrobras.
Lobão é um dos graúdos do PMDB citados pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa em depoimento à Polícia Federal.
O ministro Edison Lobão está de férias desde terça (2). O secretário-executivo, Márcio Zimmermann, assumiu interinamente o cargo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CANDIDATURA: Collor quer ser opção do centro

Senador Fernando Collor de Melo: ex-presidente quer voltar a ocupar o Planalto (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)  O senador e ex...